Fé e Crença

Página 1 de 7 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Fé e Crença

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Mar 09, 2011 10:42 am

DEUS AINDA FALA com as PESSOAS?

Um jovem espiritualista foi para o estudo da Bíblia na residência de um casal amigo.
Era noite de quinta-feira.
O casal dividiu o estudo entre ouvir a Deus e obedecer a palavra do Senhor.

O jovem não pode deixar de querer saber se "Deus ainda fala com as pessoas?".
Após o estudo, ele saiu para um café com os amigos que estavam na reunião familiar e eles discutiram mais um pouco sobre mensagem da noite.
De formas diversas eles falaram como Deus tinha conduzido suas vidas de maneiras diferentes.

Era aproximadamente 22 horas quando o jovem se despediu dos amigos e começou a dirigir-se para casa.
Sentado no seu carro, ele começou a pedir:
"Deus! Se ainda falas com as pessoas, fale comigo.
Eu irei ouvi-lo.
Farei tudo para obedece-lo".

Enquanto dirigia pela rua principal da cidade, ele teve um pensamento muito estranho, como se uma voz falasse dentro de sua cabeça:
"Pare e compre um galão de leite".
Ele balançou a cabeça e falou alto:
Deus, é o Senhor?".

Ele não obteve resposta e continuou dirigindo-se para casa.
Porém, novamente, surgiu o pensamento:
"Compre um galão de leite".

O jovem pensou em Samuel e como ele não reconheceu a voz de Deus, e como Samuel correu para Ele.
"Muito bem, Deus!
No caso de ser o Senhor, eu comprarei o leite".

Isso não parece ser um teste de obediência muito difícil.
Ele poderia também usar o leite.
O jovem parou, comprou o leite e reiniciou o caminho de casa.

Quando ele passava pela sétima rua, novamente ele sentiu um pedido "Vire naquela rua".
Isso é loucura, pensou e, passou directo pelo retorno.
Novamente ele sentiu que deveria ter virado na sétima rua.

No retorno seguinte, ele virou e dirigiu-se pela sétima rua.
Meio brincalhão, ele falou alto:
"Muito bem, Deus. Eu farei".

Ele passou por algumas quadras quando de repente sentiu que devia parar.
Ele brecou e olhou em volta.
Era uma área misto de comércio e residência.

Não era a melhor área, mas também não era a pior da vizinhança.
Os estabelecimentos estavam fechados e a maioria das casas estavam escuras, como se as pessoas já tivessem ido dormir, excepto uma do outro lado que estava acesa.
Novamente, ele sentiu algo, "Vá e dê o leite para as pessoas que estão naquela casa do outro lado da rua".

O jovem olhou a casa.
Ele começou a abrir a porta, mas voltou a sentar-se.
"Senhor, isso é loucura.
Como posso ir para uma casa estranha no meio da noite?".

Mais uma vez, ele sentiu que deveria ir e dar o leite.
Finalmente, ele abriu a porta, "Muito Bem, Deus, se é o Senhor, eu irei e entregarei o leite àquelas pessoas.
Se o Senhor quer que eu pareça uma pessoa louca, muito bem.
Eu quero ser obediente.
Acho que isso vai contar para alguma coisa, contudo, se eles não responderem imediatamente, eu vou embora daqui".

Ele atravessou a rua e tocou a campainha.
Ele pôde ouvir uma barulho vindo de dentro, parecido com o choro de uma criança.
A voz de um homem soou alto:
Quem está aí? O que você quer?".

A porta abriu-se antes que o jovem pudesse fugir.
Em pé, estava um homem vestido de jeans e camiseta.
Ele tinha um olhar estranho e não parecia feliz em ver um desconhecido em pé na sua soleira.
"O que é? ".

O jovem entregou-lhe o galão de leite.
"Comprei isto para vocês".
O homem pegou o leite e correu para dentro falando alto.
Depois, uma mulher passou pelo corredor carregando o leite e foi para a cozinha.

O homem seguia-a segurando no braços uma criança que chorava.
Lágrimas corriam pela face do homem e, ele começou a falar, meio soluçando
"Nós oramos.
Tínhamos muitos contas para pagar este mês e o nosso dinheiro havia acabado.
Não tínhamos mais leite para o nosso bebé.
Apenas rezei e pedi a Deus que me mostrasse uma maneira de conseguir leite".

Sua esposa gritou lá da cozinha:
"Pedi a Deus para mandar um anjo com um pouco... Você é um anjo?

O jovem pegou a sua carteira e tirou todo dinheiro que havia nela e colocou-o nas mãos do homem.
Ele voltou-se e foi para o carro, enquanto as lágrimas corriam pela sua face.
Ele experimentou que Deus ainda responde aos pedidos justos e verdadeiros.

Agora, um simples teste para você:
Quantas vezes você escutou sua voz interior?

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

E nós, falamos com Ele?

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Mar 09, 2011 10:44 am

Oi, como você acordou esta manhã?
Eu vi você e esperei, pensando que você falaria comigo, mesmo que fosse apenas umas poucas palavras, querendo saber minha opinião sobre alguma coisa ou mesmo me agradecendo por algo bom que aconteceu em sua vida ontem.

Mas eu notei que você estava muito ocupado, tentando encontrar uma roupa que ficasse boa em você para ir para o trabalho.
Então, eu esperei outra vez.
Quando você correu pela casa, de um lado pro outro já pronto, eu sabia.

Eu estava lá.
Seriam certamente poucos minutos para você parar e dizer alô, mas você estava realmente muito ocupado.
Mas, por um momento, você pensou que tinha que esperar 15 min e gastou este tempo apenas sentado em uma cadeira, fazendo nada.

Estava apenas sentado.
Então eu vi você se mexer, rapidamente, olhando para os seus pés que se movimentavam, e eu pensei que você queria falar comigo.
Mas você correu para o telefone e ligou para um amigo para contar as últimas fofocas.

Eu vi você, quando você foi para o trabalho, e eu esperei, pacientemente, o dia inteiro.
Com todas as suas actividades.
Eu achei que você estaria realmente muito ocupado para dizer-se alguma coisa.

Eu notei que, antes do almoço, você olhou ao seu redor, talvez você se sentiu sem jeito ou com vergonha de falar comigo.
Isto é, porque você não inclinou sua cabeça?
Você procurou observar 3 ou 4 mesas e notou alguns de seus amigos falando comigo, brevemente, antes deles começarem a comer.

Mas você não falou comigo. Tudo bem!
Ainda existe mais tempo, que sobrará hoje, e eu tenho esperança que você ira falar comigo ainda.
Mas você foi para casa e parecia que tinha muitas e muitas coisas para fazer ainda hoje.

Depois de você ter terminado algumas delas, você ligou a televisão.
Eu não sei se você gosta ou não de ver televisão, mas apenas por estar lá assistindo, você gastou muito do seu tempo, quase todo o seu tempo em frente da TV, não pensando em nada mais, apenas curtindo o programa.

Eu esperei, pacientemente outra vez, enquanto você estava assistindo TV e comeu a sua comida, mas mais uma vez você não falou comigo!
Hora de ir para cama, hora de dormir...
Eu acho que você deve estar muito cansado.

Depois você disse boa noite para a sua família, pulou na sua cama, caiu no sono e dormiu rapidamente.
Tudo bem, ok, porque talvez você não saiba que eu sempre estou lá com você, sempre do seu lado.
Eu tenho muita paciência muito mais do que você pode imaginar.

Eu mesmo quero lhe ensinar como ser paciente com as outras pessoas e como ser bom.
Eu amo tanto você que eu espero todos os dias, eu espero por um sinal seu, um simples inclinar de cabeça, uma oração, um pensamento ou um agradecimento por parte de seu coração.
Sabe, é muito difícil, em uma conversa, só existir um lado, só um conversar.

Bom, você vai se levantar outra vez para um novo dia, e mais uma vez, e mais outra vez, e outra vez, e serão muitas vezes ainda que eu estarei lá talvez esperando por nada, mas com muito amor para você, esperando que hoje você possa me dar alguma atenção, um pouco de seu tempo.

Tenha um bom dia!
Seu sempre amigo, Deus.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Obediência Justa

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Mar 09, 2011 10:44 am

Livro: Segue-me
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

"Que, sendo em forma de Deus não teve por usurpação ser igual a Deus".
Paulo. (Filipenses, 2:6).,

Todos os sofrimentos dos homens, de modo geral, originam-se da pretensão de usurpar o Divino Poder.

Orgulho, vaidade, insensatez, egoísmo, perversidade, rebeldia e opressão representam apenas modalidades variadas dessa usurpação indébita.

A guerra e o seu século pestilencial, a tirania e o instinto revolucionário, as paixões arrasadoras e os desastres espirituais que lhes são consequentes constituem-lhe as obras.

Na vastíssima paisagem de nossas existências vemos sempre a Misericórdia Divina e a maldade humana, a Bondade Celestial e a desobediência das criaturas...
Sempre, o Pai Generoso e os filhos imprevidentes, o Deus Justo e as inteligências caídas e perversas...

Doloroso quadro...
Em tudo, no planeta, a harmonia das leis do Senhor e a discórdia dos homens, a bênção providencial ao céu e a rebeldia terrestre...

Por isso mesmo a Humanidade, como aranha gigantesca, encontra-se no milenário labirinto, encarcerada na teia criminosa de suas próprias acções.

O coração do discípulo fiel ao Evangelho, nos dias que passam, deve revestir-se com a vigorosa couraça da fé viva, porquanto é chamado a trabalhar numa floresta escura, onde a maldade se tornou mais requintada e a sombra mais densa.

E que guarde, sobretudo, a serenidade confiante do trabalhador, compreendendo a necessidade dos testemunhos e sacrifícios para todos, porque para o aprendiz sincero deve resplandecer o ensinamento Daquele que tendo vindo ao mundo através de anúncios divinos, assinalados por uma estrela brilhante, temido pelas autoridades de seu tempo, que transformou pescadores em apóstolos, que curou leprosos e cegos, e levantou paralíticos de nascença, não quis usurpar o Direito Divino e marchou, um dia, para o monte, a fim de testemunhar a obediência justa ao Senhor Supremo da Vida, no alto de uma cruz, ante o desprezo e ironia de todos.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Na Trilha do Mestre

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Mar 09, 2011 10:45 am

Livro: Bênção de Paz
Emmanuel & Francisco C. Xavier

"Partindo Jesus dali, viu um homem, chamado Mateus, sentado na colectoria, e disse-lhe:
Segue-me! Ele se levantou e o seguiu".
(Mateus, 9:9).

É importante verificar que o Mestre não estabelece condições para que o discípulo lhe compartilhe a jornada.

Não pergunta se ele se julga dotado com a força conveniente...

Se é fraco de espírito...

Se é demasiado imperfeito...

Se sofre em família...

Se possui débitos a solver...

Se padece tentações...

Se está acusado de alguma falta...

Se retém valores de educação...

Se é rico ou pobre de possibilidades materiais...

O Senhor diz apenas segue-me, como quem afirma que, se o aprendiz se dispõe realmente a segui-lo, será suprido de socorros eficientes, em todas as suas necessidades.

A lição é clara e expressiva.

Reflictamos nela para que não venhamos a permanecer na sombra da indecisão.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

UM DIÁLOGO COM JESUS

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Mar 09, 2011 10:46 am

Do livro: "Amizade"
Chico Xavier - Meimei

O devoto, ao ver Jesus em sonho, exclamou perplexo:
- Senhor, Senhor!...
Há quanto tempo, aguardo este encontro e somente hoje...

O Eterno Benfeitor valeu-se da reticência e indagou:
- Como assim, se ainda hoje fugiste de mim, quatro vezes, em tua própria casa?

E ante o devoto espantado, comentou:
- Quando te encolerizaste contra o avô que te exigia mais apreço, quando negaste apoio ao irmão perdulário que voltava a buscar-te em penúria, quando não perdoaste ao filho que te desacatou os pontos de vista e quando condenaste a filha que te menosprezou o nome e os conselhos, foi a mim que o fizeste.

Diante do Mestre, observou o crente comovido:
- Senhor, que desejas dizer?
Em que lição de tua bondade posso entender os ensinamentos a que me buscas o raciocínio?

- Lembro-me de haver dito - falou Jesus - que qualquer bênção doada pelos homens aos pequeninos seria sempre a mim que o fariam...

- Mestre - anotou o devoto - eu não tenho pequeninos em casa...

Jesus, porém, afagou as mãos do amigo que perguntava e explicou:
- Sim, teu avô, à frente do mundo, é um homem de grandes posses dispondo de enorme influência, mas, por dentro do coração, é um menino faminto de atenções, a carregar dinheiro por permissão de Deus;

teu irmão é um companheiro dono de nobres conhecimentos, nos domínios das palavras brilhantes, entretanto, nos recessos dele mesmo é um petiz desajustado em matéria de impulsos afectivos;

teu filho é hoje um amigo de cérebro laureado pelas ciências da Terra, contudo, no imo de si próprio, é um pequenino sedento de fé e segurança perante as Leis de Deus;

e tua filha, embora professora e mulher feita, perante às criaturas humanas, ainda é, no íntimo, verdadeira criança necessitada de protecção.

- Senhor, Senhor!
gritou o crente, buscando alcançar Jesus, cuja figura se lhe fazia distante.

Foi então que o devoto acordou na manhã repleta de sol e começou a pensar.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Libertação de Consciência

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Mar 09, 2011 10:47 am

Livro: Momentos Enriquecedores
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Não aguardemos que o aplauso do mundo coroe as nossas expectativas.

Não esperemos que as alegrias nos adornem de louros ou que uma coroa de luz desça sobre a nossa cabeça, vestindo-nos de festa.

Quem elegeu Jesus, não pode ignorar a cruz da renúncia.

Quem O busca, não pode desdenhar a estrada áspera do Gólgota.

Quem com Ele se afina, não pode esquecer que, Sol de primeira grandeza como é, desceu à sombra da noite, para ser o porto de segurança luminosa, no qual atracaremos a barca de nosso destino.

Jesus é o nosso máximo ideal humano, Modelo e Guia seguro.

Aquele que travou contacto com a Sua palavra nunca mais O esquece.

Quem com Ele se identifica, perdeu o direito à opção, porque a sua, passa a tornar-se a opção dEle, sem o que, a vida não tem sentido.

.§.

Não é esta a primeira vez que nos identificamos com o Seu verbo libertador.

Abandoná-lo é infidelidade, que O troca pelos ouropéis e utopias do mundo, de breve duração.

Não é esta a nossa experiência única no santuário da fé, que abraçamos desde a treva medieval, erguendo monumentos ao prazer, distantes da convivência com a dor.

Voltamos à mesma grei, para podermos, com o Pensamento Divino vibrando em nós, lograr uma perfeita identificação.

Lucigénitos, procedemos do Divino Foco, para o qual marchamos.

Seja, pois, a nossa caminhada assinalada pelas pegadas de claridade na Terra, a fim de que, aquele que venha após os nossos passos, encontre as setas apontando o caminho.

Jesus não nos prometeu os júbilos vazios dos tóxicos da ilusão.
Não nos brindou com promessas vãs, que nos destacassem no cenário transitório da Terra.
Antes, asseverou, que verteríamos o pranto que precede à plenitude, e teríamos a tristeza e a solidão que antecedem à glória solar.

Não seja, pois, de surpreender que, muitas vezes, a dificuldade e o opróbrio, o problema e a solidão caracterizem a nossa marcha.
Não seja de surpreender, portanto, que nos vejamos em solidão com Ele, já que as Suas, serão as mãos que nos enxugarão o pranto, enquanto nos dirá, suavemente: Aqui estou!

Perseveremos juntos, cantando o hino da alegria plena na acção que liberta consciências, na actividade que nos irmana e no amor que nos felicita.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Brilhar

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Mar 09, 2011 10:47 am

Livro: Vinha de Luz
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

"Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai que está nos céus."
Jesus (MATEUS, 5:16.).

Admitem muitos aprendizes que brilhar será adquirir destacada posição em serviços de inteligência, no campo da fé.

Realmente, excluir a cultura espiritual, em seus diversos ângulos, da posição luminosa a que todos devemos aspirar, seria rematada insensatez.

Aprender sempre para melhor conhecer e servir é a destinação de quem se consagra fielmente ao Mestre Divino.

Urge, no entanto, compreender, no imediatismo, da experiência humana, que se o Salvador recomendou aos discípulos brilhassem, à frente dos homens, não se esqueceu de acrescentar que essa claridade deveria resplandecer, de tal maneira, que eles nos vejam as boas obras, rendendo graças ao Pai, em forma de alegria com a nossa presença.

Ninguém se iluda com os fogos-fátuos do intelectualismo artificioso.

Ensinemos o caminho da redenção, tracemos programas salvadores onde estivermos;
brilhe a luz do Evangelho em nossa boca ou em nossa frase escrita, mas permaneçamos convencidos de que se esses clarões não descortinam as nossas boas obras, seremos invariavelmente recebidos no ouvido alheio e no alheio entendimento, entre a expectação e a desconfiança, porque somente em fundido pensamento, verbo e acção, no ensinamento do Cristo Jesus, haverá em torno de nós glorificação construtiva ao Nosso Pai que está nos Céus.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Momento Inesperado

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Mar 09, 2011 10:49 am

Livro: Alegria de Viver
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

O aprendizado na carne, por mais largo e benéfico se apresente, tem data marcada para sua conclusão.

O roteiro, de longa distância, a ser conquistado palmo a palmo, tem o seu ponto terminal.

O discurso, eloquente e abrasador, por mais significativo, tem a sua última palavra.

O dever, mesmo quando de sabor eterno, apresenta-se em expressões transitórias que se interrompem, abrindo espaços para novas imposições.
.§.

No corpo tudo é transitório.

A vida física, por isso mesmo, é uma etapa muito breve da realidade do ser imortal.
Utilizá-la como sabedoria, amealhando recursos de luz, deve constituir a acção contínua do homem inteligente.

Enquanto o insensato se compromete, arregimentando as forças negativas, que terminam por consumi-lo, o homem esclarecido no Evangelho usa o recurso da sabedoria para coleccionar as moedas da paz, armazenando-as nos cofres do dever.

Indispensável, portanto, viver pensando na vida transcendente.
Caminhar aguardando o dia perene.
Servir em termos de libertação íntima.

Nunca dissociar das empresas terrenas a circunstância da desencarnação.
O apego, em forma de imantação, a ansiedade pelo dia de amanhã como maneira de volúpia, o gozo, na condição de perenidade, devem ceder lugar ao amor amplo e irrestrito, libertador e abençoado, sem angústia pelo que passou, sem tormento pelo que vai chegar, numa vinculação perfeita às alegrias plenas do próprio transcendente prazer fruído.
.§.
Espíritos errantes, na busca do equilíbrio, os que estão na Terra, na vestidura carnal, encontram-se em depuração e os que abandonamos as células orgânicas, estamos em conquista de outros valores, para um dia podermos desfrutar de todas as concessões que ainda nos não são lícitas fruir.
Arma-te de amor, semeando sóis pelo caminho em sombras.
Desdobra a ternura, enlaçando os que sofrem, em liames de verdadeira fraternidade para o próprio bem e o de todos os outros.

Liberta, libertando-te; aquinhoa-os, brindando-te paz e desarmando-te dos instrumentos belicosos do egoísmo, da violência e da rebeldia contumaz.
Do dia e da hora da viagem ninguém sabe, disse Jesus, "só o Pai".

Vive, valorizando cada momento, como se ele fosse o terminal da romagem encetada, cujo compromisso no corpo tem um ponto final.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sublime Intercâmbio

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Mar 09, 2011 10:49 am

Livro: Nas Pétalas da Inspiração
Lúcio de Abreu

"Mas tu, quando orares, entra no teu aposento, e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em oculto; e teu Pai, que vê secretamente, te recompensará."
Jesus (Mateus 6:6)

Intercâmbio sublime, entrelaçamento da alma,
Com a Bondade Divina, nosso Pai e Criador,
Que ouvindo nossa voz, nossa súplica e clamor,
Vem ao nosso encontro, nos afaga, nos acalma.

A prece fala da confiança do ser,
Do seu sentimento, de suas emoções
E pela natureza de suas vibrações,
Atinge a bênção do amor, para sobreviver.

Pedir, agradecer, se ligar com Deus, interceder,
Jamais descuidar da vigilância ao orar.
Aquele que vigia e ora, consegue conquistar
A vitória no Bem, a alegria no viver.

O local da prece, ou mesmo quando orar,
Não importa ao espírito que procura a paz.
Interessa sim, a harmonia que ele traz
Ao cântico universal, para Deus glorificar.

Ante a angústia do discípulo confiante,
A prece movimenta os recursos mais diversos.
Seja ela no silêncio, em prosa ou em versos,
A ajuda virá; é Jesus que nos garante!

Em sintonia com o Alto, o teu caminho ilumina.
Conversa com Deus, com respeito e sinceridade,
Fala de ti, de teus anseios com fé e objectividade,
Confia Nele!! A prece te ajuda, ela te reanima!...

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Orando cada dia

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Mar 09, 2011 10:50 am

Livro: Sentinelas da Alma
Meimei & Francisco Cândido Xavier

Senhor!...

Faz-me perceber que o trabalho do bem me aguarda em toda parte.

Não me consintas perder tempo, através de indagações inúteis.

Lembra-me, por misericórdia, que estou no caminho da evolução, com os meus semelhantes, não para consertá-los e sim para atender à minha própria melhoria.

Induz-me a respeitar os direitos alheios a fim de que os meus sejam preservados.

Dá-me consciência do lugar que me compete, para que não esteja a exigir da vida aquilo que não me pertence.

Não me permita sonhar com realizações incompatíveis com os meus recursos, entretanto, por acréscimo de bondade, fortalece-me para a execução das pequeninas tarefas ao meu alcance.

Apaga-me os melindres pessoais, de modo que não me transforme em estorvo diante dos irmãos, aos quais devo convivência e cooperação.

Auxilia-me a reconhecer que cansaço e dificuldade não podem converter-me em pessoa intratável, mas mostra-me, por piedade, quanto posso fazer nas boas obras, usando paciência e coragem, acima de quaisquer provações que me atinjam a existência.

Concede-me forças para irradiar a paz e o amor que nos ensinaste.

E, sobretudo, Senhor, perdoa as minhas fragilidades e sustenta-me a fé para que eu possa estar sempre em ti, servindo aos outros.

Assim seja.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Podes, se queres

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Mar 10, 2011 10:38 am

Livro: Optimismo
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Fracassado é aquele que abandona a luta ou nega-se a travá-la.
Dificilmente logrará vitória quem se recusa a enfrentar os desafios do quotidiano.
O homem são as suas tarefas, que devem ser enfrentadas com decisão e coragem.

Em todo cometimento multiplicam-se as dificuldades e as problemáticas se repetem.
Quedas e aparentes insucessos são experiências que, repetidas, favorecem o homem com o êxito que deve perseguir até o fim.
Desistir do empreendimento porque se apresente difícil, significa abandonar-se a contínuos insucessos.

Não recear jamais, nem ceder à tentação da desistência na luta da ascensão.

Se queres, podes.
Quando te propões realizar os labores que te dizem respeito, abres-te à vitória, que deves colmar na oportunidade própria.

Simon Bolívar, o excelente Libertador de quase metade da América do Sul não poucas vezes perdeu batalhas e esteve preso.
Porque não desistiu, perseverando nos ideais e lutando, triunfou.

Benito Juarez, órfão e pobre, humilhado e sob injunções terríveis, contribuiu para a liberdade do México, mais do que qualquer outro herói.

Franklin Delano Roosevelt, paralítico, vitimado numa cadeira de rodas não se compadeceu do próprio estado de saúde e desempenhou relevante papel no seu país, como Primeiro Mandatário, revelando-se extraordinário libertador, durante a Segunda Guerra Mundial.

Édison experimentou quase 10.000 testes para lograr o êxito da lâmpada eléctrica e porque insistiu sem desânimo, ofereceu à Humanidade um valioso contributo.

Faraday, até aos 14 anos, permaneceu numa Gráfica, na condição de encadernador.
Lendo um dos livros em que trabalhava, interessou-se pela electricidade, revelando-se pioneiro nesta tecnologia de grande utilidade para a Humanidade.

Cervantes sofreu incompreensões e experimentou a miséria, teve os seus escritos desconsiderados, viveu em regime de mendicância para não morrer de fome, não obstante, prosseguindo, legou-nos o "Dom Quixote de la Mancha" de valor literário e filosófico inegável.

Camões, sem uma vista, fez-se cantor de "Os Lusíadas".

Confúcio, aos 55 anos, foi abandonado pelo seu mestre.
Sem desânimo, prosseguiu, oferecendo extraordinária contribuição filosófica para o pensamento universal.

Maomé, na busca de fiéis, padeceu terrivelmente, até que, sem abandonar a luta, espalhou o Alcorão pela Terra.

Buda, procurando a iluminação, provou solidão e abandono, conseguindo que a mensagem da paz passasse a impregnar as vidas...

A história de Jesus é por demais conhecida para que se ampliem consideração...
A galeria daqueles que não desistiram e confiaram na vitória que souberam esperar, é muito grande.
Não te abatas ante impedimentos nem persigas sucessos improvisados, imediatos, que cedem lugar a terríveis desencantos.

Se queres vencer superando quaisquer problemas, prossegue em paz, insistindo na acção operosa e confiante, assim conseguindo o fanal que é a meta essencial da tua vida.

Disse Jesus "Aquele que perseverar até o fim, este será salvo."
É necessário permanecer fiel e optimista.
Se queres, portanto, a vitória, insiste.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Para Isto

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Mar 10, 2011 10:39 am

Livro: Vinha de Luz
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

"Porque para isto sois chamados; pois também o Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo."
Pedro. (I PEDRO, 2:21.)

Elevada percentagem de crentes considera-se imune de todos os sofrimentos, porque, no conceito de grande parte daqueles que aceitam a fé cristã, entregar-se às fórmulas religiosas é subtrair-se à luta, candidatando-se à beatitude imperturbável.

Na apreciação de muita gente, os que oram não deveriam conhecer a dor.

O socorro divino assemelhar-se-ia à protecção de um monarca terrestre, doador de favores segundo as bajulações recebidas.

A situação do aprendiz de Jesus é, todavia, muito diversa.

Os títulos do Cristo não são os da inactividade, com isenção de responsabilidade e esforço.

Todos os chamados ao trabalho evangélico não podem esquecer as necessidades do serviço.

O Mestre, naturalmente, precisa companheiros que nEle confiem, mas não prescindirá dos que se revelem colaboradores fiéis de sua obra.

Seria justo postar-se indefinidamente o devedor, ante a generosidade do credor, confiando sempre, sem o mínimo sinal de solução ao débito adquirido? Não somente os homens vivem na lei de permuta.

As Forças Divinas baseiam a movimentação do bem no mesmo princípio.

O Mestre Celestial ensina a todos, em verdade, as sublimes lições da vida; entretanto, não é razoável que todos os séculos assinalem nos bancos escolares da experiência humana os mesmos alunos preguiçosos e inquietos.

É indispensável que as turmas de bons obreiros se dirijam às zonas de serviço, preparados para os testemunhos dos ensinamentos recebidos.

Simão Pedro sintetiza o trabalho dos cristãos de maneira magistral.

Sois chamados para isto - assevera o apóstolo.

A afirmativa simples indica que os discípulos leais foram convocados a sofrer pelo bem.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

O Grande Servidor

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Mar 10, 2011 10:40 am

Livro: Segue-me
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

"Eu estou entre vós como quem serve".
Jesus. (Lucas, 22:27).

Sim, o Cristo não passou entre os homens como quem impõe.

Nem como quem governa.

Nem como quem manda.

Caminhou na Terra à feição do servidor.

Legou-nos o Evangelho da vida, escrevendo-lhe a epopeia no coração das criaturas.

Mestre, tomou o próprio coração para sua cátedra.

Enviado Celestial, não se detém num trono terrestre e aproxima-se da multidão para auxiliá-la.

Fundador da Boa Nova, não se limita a tecer-lhe a coroa com palavras estudadas, mas estende-a e consolida-lhe os valores com as próprias mãos.

A prática é seu modo de convencer.

O próprio sacrifício é o seu método de transformar.

Aprendamos com o Divino Mestre a ciência da renovação pelo bem.

E modificar a nós mesmos, para a vitória do bem, elevando as pessoas e melhorando situações, é servir sempre, como quem sabe que fazer é o melhor processo de aconselhar.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

O Maior e o Melhor

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Mar 10, 2011 10:40 am

Livro: Mensagens de Saúde
Humberto de Campos & Francisco Cândido Xavier

1. O maior e melhor amigo - Deus

2.. Os melhores companheiros - Os Pais

3.. A melhor casa - O Lar

4.. A maior felicidade - A Boa Consciência

5.. O mais belo dia - Hoje

6.. O melhor tempo - Agora

7.. A melhor regra para vencer - A Disciplina

8.. O melhor negócio - O Trabalho

9.. O melhor divertimento - O Estudo

10.. A coleção mais rica - A das Boas Acções

11.. A estrada mais fácil para ser feliz - O Caminho Recto

12.. A maior alegria - O Dever Cumprido

13.. A maior força - O Bem

14.. A melhor atitude - A Cortesia

15.. O maior heroísmo - A Coragem de Ser Bom

16.. A maior falha - A Mentira

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Dias de [i]Sombra e Dores

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Mar 10, 2011 10:41 am

Livro: Optimismo
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Nestes dias penumbrosos, quando se adensam as sombras, na Terra, e as perspectivas se fazem mais tensas sob a óptica do desespero e da anarquia;
quando se acumpliciam, a agressão injustificável e o crime em desenfreada correria;
quando se dão as mãos, a injustiça e o opróbrio, ceifando vidas;
quando se destacam, a criminalidade e o erro, ocupando espaços, o cristão decidido deve voltar-se para dentro, procurando reabastecimento na fé.

Já são grossos os rolos de fumaça, que sobem da Terra em chamas.

Muitas são as vozes que estão silenciadas no fragor das batalhas rudes.

Os cadáveres enxameiam, formando pântanos de matéria humana.

... E uma noite, que se apresenta pavorosa, ameaça tomar conta do mundo.

No entanto, Jesus é Sol, e os Seus discípulos, chamados à glória do momento grave, devem desempenhar a tarefa com alegria, embora sob estertores ou caminhando com dificuldades no meio do cipoal.

Nunca, como hoje, se viveram dias de tanta angústia!

O século das glórias tecnológicas, são os dias de horror da própria desenfreada ambição humana.

Eis porque, a Doutrina Espírita veio, prenunciando as mudanças sociais e humanas e esclarecendo sobre a visão do Apocalipse que ora se cumpre na actual Civilização.

Permaneçamos fiéis ao labor, insistindo mais em nosso trabalho de solidariedade, ampliando os nossos recursos de fraternidade e amando com destemor, a fim de que definhem as fileiras da agressão e do ódio.

De forma alguma nos deixemos contaminar pelos vírus que se encontram no ar que se respira no mundo.

De maneira nenhuma dos deixemos mimetizar pela violência, estando vigilantes, para que, a qualquer preço, a cordura e a paz não se afastem do nossos corações.

Nestes momentos, avaliam-se os recursos de cada um.

Ante os testemunhos surgem os heróis e revelam-se os desertores.

É imprescindível porfiar, espalhando a luz da esperança e disseminado o exemplo da bondade.

Em contrapartida, serão carreadas mais forças e vigores para os obreiros fiéis, a fim de que as metas sejam alcançadas no campo do bem.

Levantemo-nos, portanto, conscientes dos deveres que nos dizem respeito e porfiemos sem desânimo na luta da nossa redenção.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Angústia e Paz

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Mar 10, 2011 10:42 am

Livro: Alerta
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Previne-te contra a angústia.

Esta tristeza molesta, insidiosa, contínua, arrasta-te a estado perturbador.

Essa insatisfação injustificável, perseverante, penosa, conduz-te a desequilíbrio imprevisível.

Aquela mágoa que conservas, vitalizada pela revolta sem lógica, impele-te a desajuste insano.

Isso que te assoma em forma de melancolia, que aceitas, empurra-te a abismo sem fundo.

Isso que aflora com frequência, instalando nas tuas paisagens mentais de pressão constante, representa o surgimento de problema grave.

Aquilo que remóis, propiciando-te dor e mal-estar, impele-te a estados infelizes, que te atormentam.

A angústia possui géneses. Várias.

Procede de erros que se encontram fixados no ser desde a reencarnação anterior, como matriz que aceita motivos verdadeiros ou não, para dominar quem deveria envidar esforços por aplainar e vencer as imposições negativas e as compulsões torpes.

Realmente, não há motivos que justifiquem os estados de angústia.

A angústia entorpece os centros mentais do discernimentos e desarticula os mecanismos nervosos, transformando-se em factor positivo de alienações.

Afecta o psiquismo, o corpo e a vida, enfermando o espírito.

Rechaça a angústia, pondo sol nas tuas sombras-problemas.

Não passes recibo aos áulicos da melancolia e dispersa com a prece as mancomunações que produzem angústia.

Fomenta a paz, que é antídoto da angústia.

Exercita a mente nos pensamentos optimistas e cultiva a esperança.

Trabalha com desinteresse, fazendo pelo próximo o que dizes dele não receber.

A paz é fruto que surge em momento próprio, após a germinação e desenvolvimento do bem no coração.

Jamais duvides do amor de Deus.

Fixado no propósito de crescimento espiritual, transfere para depois o que não logres agora, agindo com segurança.

Toda angústia dilui-se na água corrente da paz.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Quando o Homem abraça o bem

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Mar 10, 2011 10:43 am

Joanna de Ântelis & Divaldo P. Franco

Há uma permanente luta íntima, quando o homem se resolve por abraçar a vida nobre.

Quais dois exércitos em fúria, no campo mental, surgem constantes confrontos.

Os guerreiros habituais - o egoísmo, o orgulho, a violência, a ambição tentam superar os novos combatentes - o amor ao próximo, a humildade, a pacificação, a renúncia.

O indivíduo sente-se dividido e angustiado.

Nesse terreno áspero brilha, porém, a luz da inspiração superior que lhe aclara a alma e a estimula a insistir nos propósitos elevados.

Investe na batalha da vida os teus esforços nobres e não desistas.

Cada dia de resistência representa uma vitória até o momento da glória total.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Problema de Consciência

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Mar 10, 2011 10:43 am

Livro: Alerta
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Enquanto estás no caminho dos homens, desdobra as tuas possibilidades de acção beneficente.

Não postergues a edificação do bem onde te encontres, sob pretexto algum...

A vida são as oportunidades de que cada um dispõe para o crescimento próprio.

A raiz, frágil e persistente, penetra a frincha da pedra e fende a rocha, adquirindo segurança para o vegetal.

A semente arrebenta-se e libera a planta sob a pressão da terra que a encarcera.

A gota d'água atravessa em largo prazo a pequenina brecha da represa e derruba a construção colossal.

A acção resulta da perseverança no tentame do que se deseja.

Há quem programe realizações relevantes por largos anos, enquanto a dor ceifa as vidas que aguardam no deperecimento e na miséria.

Inumeráveis pessoas acalentam propósitos superiores e anelam por dedicar-se a eles, enquanto a ampulheta do tempo deixa que passem os dias, sem os transformar em realidade.

Cristãos bem intencionados se disputam a caridade verbal, elaborando programas expressivos sob condições de alto nível enquanto a oportunidade passa e a dor faz-se mordoma cruel...

Une a acção aos teus projectos do bem, sem adiar a realização da obra de solidariedade humana.

Espíritos que foram bem intencionados na Terra;
personalidades que se fizeram famosas pelo verbo ou agentes da reformulação social ricos de teorias;
religiosos sensíveis que planearam obras monumentais, diariamente retornam à Pátria Espiritual com a mente repleta de projectos formidandos e as mãos vazias de acção, tombando em remorsos cruéis, que os vergastam, em razão do tempo perdido que não souberam utilizar na realização do compromisso superior da vida.

Problema de consciência, pessoal e intransferível, de cada um, programar o bem, discuti-lo e concretizá-lo ou não durante o processo da reencarnação.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Este Dia

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Mar 10, 2011 10:44 am

Livro: Estude e Viva
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

Este dia é o melhor tempo, o instante de agora.

Se você guarda inclinação para a tristeza, este é o ensejo de meditar na alegria da vida e de aceitar-lhe a mensagem de renovação permanente.

Se a doença permanece em sua companhia, surgiu a ocasião de tratar-se com segurança.

Se você errou, está no passo de acesso ao reajuste.

Se algum plano de trabalho está incubado em seu pensamento, agora é o momento de começar a realizá-lo.

Se deseja fazer alguma boa acção, apareceu o instante de promovê-la.

Se alguém aguarda suas desculpas, chegou a hora de você dá-las e de sorrir de novo.

Se alguma visita afectiva espera por você, chegou o tempo de atendê-la.

Este dia é um presente de Deus, em nosso auxílio; de nós depende aquilo que venhamos a fazer com ele.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Levantai os Olhos

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Mar 10, 2011 10:45 am

Livro: Vinha de Luz
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

"Eis que eu vos digo: Levantai os vossos olhos e vede as terras, que já estão brancas para a ceifa."
Jesus. (JOÃO, 4:35.)

O mundo está cheio de trabalhos ligados ao estômago.

A existência terrestre permanece transbordando emoções relativas ao sexo.

Ninguém contesta o fundamento sagrado de ambos, entretanto, não podemos estacionar numa ou noutra expressão.

Há que levantar os olhos e devassar zonas mais altas. É preciso cogitar da colheita de valores novos, atendendo ao nosso próprio celeiro.

Não se resume a vida a fenómenos de nutrição, nem simplesmente à continuidade da espécie.

Laborioso serviço de iluminação espiritual requisita o homem.

Valiosos conhecimentos reclamam-no a esferas superiores.

Verdades eternas proclamam que a felicidade não é um mito, que a vida não constitui apenas o curto período de manifestações carnais na Terra, que a paz é tesouro dos filhos de Deus, que a grandeza divina é a maravilhosa destinação das criaturas;
no entanto, para receber tão altos dons é indispensável erguer os olhos, elevar o entendimento e santificar os raciocínios.

É imprescindível alçar a lâmpada sublime da fé, acima das sombras.

Irmão muito amado, que te conservas sob a divina árvore da vida, não te fixes tão somente nos frutos da oportunidade perdida que deixaste apodrecer, ao abandono...

Não te encarceres no campo inferior, a contemplar tristezas, fracassos, desenganos!...
Olha para o alto!
...Repara as frondes imortais, balouçando-se ao sopro da Providência Divina!

Dá-te aos labores da ceifa e observa que, se as raízes ainda se demoram presas ao solo, os ramos viridentes, cheios de frutos substanciosos, avançam no Infinito, na direcção dos Céus.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Na Conquista da Fé

Mensagem  Ave sem Ninho em Sex Mar 11, 2011 12:00 pm

Livro: Bênção de Paz
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

"Justificados, pois, pela fé, tenhamos paz com Deus por meio de Nosso Senhor Jesus Cristo."
Paulo. (Romanos, 5:1).

Louváveis todas as nossas considerações referentes à coragem da fé que nos cabe cultivar à frente das lutas, no mundo externo;
todavia, é forçoso examinemos a importância da fé viva, portas a dentro do mundo de nós mesmos.
Fé profunda e espontânea.
Segurança íntima, tranquila, funcional.

Já sabemos realmente mecanizar as operações do corpo, comandando-as de maneira instintiva.

Alimentas-te e não te preocupas com as fases diversas do processo nutritivo.
Dormes e entregas ao coração todo o trabalho de vigilância e sustento dos mais remotos distritos da vida orgânica.

Falta-nos, porém, até agora, automatizar os recursos superiores da própria alma.

Falta-nos reconhecer - mas reconhecer claramente - que Deus está em nós, connosco, junto de nós, ao redor de nós e que, por isso mesmo, é imperioso, de nossa parte, aceitar as lições difíceis mas sempre abençoadas do sofrimento, nas quais a pouco e pouco obteremos a coragem suprema da fé invencível.

Nesse sentido jamais desinteressar-nos do aprendizado.

Confiar em Deus nos dias de céu azul, mas igualmente confiar em Sua Divina Providência nas horas de tempestade.

Acolher a dor como sendo preparação da alegria.
Atravessar a provação entesourando experiência.
Observar as leis da vida e acatá-las, compreendendo que dificuldade é instrução imprescindível e que o tempo de infortúnio não é senão a consequência dos nossos erros de pensamento ou de acção, favorecendo-nos o reajuste.

Tão-somente assim, abraçando com paciência e proveito as lições menores da existência, transfigurando-as em luz para a vida prática, adquiriremos a fé vitoriosa que sabe esperar, agir, desculpar, amar e servir segundo a misericórdia de Deus.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Que fazemos do Mestre?

Mensagem  Ave sem Ninho em Sex Mar 11, 2011 12:01 pm

Livro: Vinha de Luz
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

"Que farei então de Jesus, chamado o Cristo?"
Pilatos. (MATEUS, 27:22.)

Nos círculos do Cristianismo, a pergunta de Pilatos reveste se de singular importância.

Que fazem os homens do Mestre Divino, no campo das lições diárias?
Os ociosos tentam convertê-lo em oráculo que lhes satisfaça as aspirações de menor esforço.

Os vaidosos procuram transformá-lo em galeria de exibição, através da qual façam mostruário permanente de personalismo inferior.

Os insensatos chamam-no indebitamente à aprovação dos desvarios a que se entregam, a distância do trabalho digno.

Grandes fileiras seguem-lhe os passos, qual a multidão que o acompanhava, no monte, apenas interessada na multiplicação de pães para o estômago.

Outros se acercam dEle, buscando atormentá-lo, à maneira dos fariseus arguciosos, rogando "sinais do céu".

Numerosas pessoas visitam-no, imitando o gesto de Jairo, suplicando bênçãos, crendo e descrendo ao mesmo tempo.

Diversos aprendizes ouvem-lhe os ensinamentos, ao modo de Judas, examinando o melhor caminho de estabelecerem a própria dominação.

Vários corações observam-no, com simpatia, mas, na primeira oportunidade, indagam, como a esposa de Zebedeu, sobre a distribuição dos lugares celestes.

Outros muitos o acompanham, estrada a fora, iguais a inúmeros admiradores de Galiléia, que lhe estimavam os benefícios e as consolações, detestando-lhe as verdades cristalinas.

Alguns imitam os beneficiários da Judéia, a levantarem mãos postas no instante das vantagens, e a fugirem, espavoridos, do sacrifício e do testemunho.

Grande maioria procede à moda de Pilatos que pergunta solenemente quanto ao que fará de Jesus e acaba crucificando o, com despreocupação do dever e da responsabilidade.

Poucos imitam Simão Pedro que, após a iluminação no Pentecostes, segue-o sem condições até à morte.

Raros copiam Paulo de Tarso que se ergue, na estrada do erro, colocando-se a caminho da redenção, através de impedimentos e pedradas, até ao fim da luta.

Não basta fazer do Cristo Jesus o benfeitor que cura e protege.
É indispensável transformá-lo em padrão permanente da vida, por exemplo e modelo de cada dia.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ânimo e Fé Viva

Mensagem  Ave sem Ninho em Sex Mar 11, 2011 12:02 pm

Livro: Mais Luz
Batuíra & Francisco Cândido Xavier

No tumulto das obrigações que nos cabem cumprir, na esfera humana, existe no imo do ser o recanto da paz em que nos é possível o reencontro incessante, e nesse doce cenáculo de meditação e prece estamos habitualmente mais juntos.

Não esmorecer, não nos afligirmos em demasia.

Agir com serenidade e confiança.

Às vezes parece que o barco estala sob a tempestade, mas o Cristo - só Cristo - é o timoneiro.

Conservemos a ordem no piso de nossa embarcação e o entusiasmo se nos fará invariavelmente o tecto, a fim de que, de permeio, à feição de carga valiosa, possamos conduzir para Deus o nosso dever bem cumprido.

Ânimo e fé viva.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ânimo e Fé

Mensagem  Ave sem Ninho em Sex Mar 11, 2011 12:02 pm

Livro: Companheiro
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

A existência pode ter sido amarga.

Espinheiros talvez se te estendam no caminho.

Caíste, provavelmente, algumas vezes e outras tantas te reerguestes, à custa de lágrimas.

Sofreste perseguição e zombaria.

O mundo terá surgido aos teus olhos por vasto deserto.

Anotaste a força da morte que te subtraiu a presença de entes caros.

Viste a deserção de companheiros, renegando-te os ideais.

Seres queridos ignoraram-te os propósitos de elevação.

Varaste crises em forma de fracassos aparentes.

Tiveste o menosprezo por parte de muitos daqueles aos quais te confiaste.

Ouviste as palavras esfogueantes dos que te condenaram sem entender-te.

Palmilhaste longas áreas de solidão.

Perdeste valores que consideravas essenciais à sustentação dos empreendimentos que te valorizam as horas.

Sofres tribulações.

Suportas conflitos.

Atravessas dificuldades e tentações.

Entretanto, por maior seja a carga de provações e problemas que te pesam nos ombros, ergue a fronte e caminha para a frente, trabalhando e servindo, amando e auxiliando, porque ninguém, nem circunstância alguma te podem furtar a imortalidade, nem te afastar da omnipresença de Deus.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

O Ateu

Mensagem  Ave sem Ninho em Sex Mar 11, 2011 12:02 pm

Livro: Brilhe Vossa Luz
Alfredo Nora & Francisco Cândido Xavier

Sujeito que clama e berra
Contra a vida a que se agarra,
Vive em perene algazarra
Colado aos brejais da terra.

Do raciocínio faz garra
Com que à verdade faz guerra,
Na desdita em que se aferra,
À ilusão em que se amarra.

De mente sempre na birra
Ouve a ambição que lhe acirra
A paixão que o liga à burra.

Mas a luz divina jorra
E a vida ganha a desforra
Na morte que o pega e surra.


Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fé e Crença

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 7 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum