Sofrimento e o cap. V do Evang. S. o Espiritismo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sofrimento e o cap. V do Evang. S. o Espiritismo

Mensagem  mario em Dom Mar 27, 2011 4:28 pm

tenho tentado perguntar a várias pessoas que me esclarecessem se o sofrimento é ou não obrigatório para a nossa evolução.
Nenhuma resposta convincente.
No cap. V do ESE, Bem Aventurados os Aflitos, encontrei esta passagem, porém é necessário ler desde o começo a parte CAUSAS ATUAIS DAS AFLIÇÕES.
"4.
.....
A quem, então, há de o homem responsabilizar por todas essas aflições, senão a si mesmo? O homem, pois, em grande número de casos, é o causador de seus próprios infortúnios; mas, em vez de reconhecê-lo, acha mais simples, menos humilhante para a sua vaidade acusar a sorte, a Providência, a má fortuna, a má estrela, ao passo que a má estrela é apenas a sua incúria.
......"
O capítulo afirma que a causa de nossos sofrimentos somos nós mesmos. No entanto observamos neste paragrafo onde diz "O homem, pois, em grande número de casos, é o causador de seus próprios infortúnios;...". Como assim "em grande número de casos"Question ? O capítulo afirma que em TODOS os casos somos os responsáveis e aqui diz claramente que não são em todos os casos. O que está errado? Veja que na primeira sentença é usada a palavra TODAS.....
Além disto, podemos considerar ainda o casos dos animais, uma vez que sofrem sim e não tendo consciencia como a nossa, não poderiam gerar seus sofrimentos. Se não são os geradores de seus males, então porque sofrem?
Não há aí uma grande contradição?

Muita paz.

mario

Mensagens : 1
Data de inscrição : 27/03/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum