T R A B A L H O

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: T R A B A L H O

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Set 06, 2011 9:16 pm

O Reino dos Céus
Livro: Messe de Amor
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Pesquisaste, arrebatado, páginas comoventes e nobres que encerravam a linguagem do Reino dos Céus.
Ouviste expositores fluentes, informando as excelências do Reino dos Céus.
Acompanhaste missionários que erigiram templos onde se pudessem guardar as mensagens do Reino dos Céus.

Meditas, extasiado, sobre as paisagens do Reino dos Céus.
E sonhas, fascinado, ante a esperança de entrares no Reino dos Céus.

Todavia estás na Terra...
Lama e dor em toda parte.
Ignomínia e crime em enxurradas de ódio onde flutuam venenos e pestes.

Mentiras e traições emoldurando as telas mentais dos homens.
E deixas que a amargura vinque a tua face, macerando tua alma...
Desejarias saltar do trampolim da fé as cristas procelosas do oceano dos homens em aflição, atingindo a plataforma celeste, de um só impulso.

Mal sabes que o escritor das páginas impregnadas de beleza sofre também no vale das sombras, sedento de luz.
Ignoras que o pregador carrega urzes no coração e tem as mãos feridas no trato com o trabalho.
Desconheces as lágrimas que se derramam pelas faces dos apóstolos, no labor abençoado.

Não estás informado das distâncias entre o ensino e a ação, nem te percebes de que há muito céu a descobrir nos corações humanos e muita luz a esconder-se nas paisagens da aflição.

O céu do gozo começa na terra do trabalho, como a árvore gigante surge na semente minúscula.
Desdobra as percepções e apura os ouvidos.
Muitos preconizam a paz social em guerrilhas familiares a que se não podem furtar.

Outros ensinam a verdade, utilizando a astúcia, como se a sagacidade fosse o instrumento de manejo nobre a serviço do ideal.
Encontrarás missionários atarefados com as igrejas e almas abandonadas sem pastores nem agasalhos.
Não intentes um paraíso para ti, longe do trabalho fraternal aos irmãos da margem.

Nem acredites em repouso justo sem a contribuição do necessário cansaço.
Há muita felicidade que é ociosidade negativa, como muita expressão que é veneno verbal.

"O Reino de Deus - disse o Mestre - está dentro de vós mesmos."

Atende ao aflito, vigia as tuas atitudes, espalha a luz do entendimento, trabalha sem cansaço, verificando que o terreno desolado, quando arroteado com amor e perseverança, se transforma em jardim colorido e perfumado.

Busca, desse modo, os céus da santificação;
primeiro, porém, santifica-te na Terra, transformando-a em bendito pomar de felicidade perene, a um passo da glória da Imortalidade.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T R A B A L H O

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Set 06, 2011 9:16 pm

Fórmula da Paz
Casimiro Cunha & Francisco Cândido Xavier

Amigo, desperta e vive,
Na Terra, a vida é batalha,
Em que o maior vencedor,
É aquele que mais trabalha.

Há dúvidas amargosas
Cortando-te o coração?
Procura diminuir
As dores de teu irmão.

Reparas, angustiado,
Teus sonhos ao desabrigo?
Há milhões na retaguarda,
Rogando-te o braço amigo.

A calúnia visitou-te
As fibras de lutador?
Intensifica, sem mágoas,
A sementeira do amor.

Há campo para a tristeza
Em tua vida mental?
Age sempre, combatendo
A sombra, a miséria e o mal...

Desânimos infecundos,
Moléstias daquilo ou disso
São todos remediáveis
Pela expansão do serviço.

Se pretendes a vitória
Da vida ditosa e crente,
Ajuda sem distinção
E serve constantemente.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T R A B A L H O

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Set 06, 2011 9:17 pm

Paz e Trabalho
Livro: Paz
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

Na actualidade do mundo, é possível também exerças expressivo papel em algum drama familiar.

Observa, porém, que não te encontras a sós.
Em torno de ti, outras provações se desenrolam, quase sempre, com características mais dolorosas do que as tuas.

As tribulações daqueles que carregam enfermidades irreversíveis;
os grupos domésticos involuntariamente envolvidos em questões de delinquência;
os pais que se responsabilizam por filhos doentes, cujo raciocínio se apaga, gradativamente, nos sanatórios;

os filhos que perderam os pais nas cinzas da morte, e que, muitas vezes, passam do sofrimento ao clima do ódio por bagatelas de herança;
as equipes familiares que se reconhecem desafiadas por violentos processos de obsessão;

a tragédia de muitos amigos que abandonaram a fé e se despenham no suicídio;
as mulheres desprotegidas com filhos pequeninos no colo e os grupos inumeráveis de crianças desorientadas, que se localizam na rebeldia e nos hábitos infelizes, preparando o amanhã de inquietação que as espera.

Se te encontras na condição de peça na engrenagem de hoje, a que se acolhem tantas criaturas aflitas, não te entregues ao luxo do desânimo, e sim, trabalha, servindo sempre.

É preciso aprender a suportar os revezes do mundo, sem perder a própria segurança.

Chora, mas constrói o melhor ao teu alcance.
Sofre, mas adianta-te no caminho.
Não pares na estrada, a fim de lamentar o passado ou acalentar amarguras vencidas.

Todos somos parcelas de imensa legião de trabalhadores em nome do Cristo, com o dever de cooperar incessantemente para que a harmonia e a felicidade se ergam na Terra, a benefício de todas as criaturas.

Ainda assim, no contexto geral das actividades, às vezes de sacrifício, a que somos chamados, é indispensável compreender que podes e deves conquistar a tua própria paz, e que a tua própria paz depende, exclusivamente, de ti.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T R A B A L H O

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Set 06, 2011 9:17 pm

A Diferença que faz a diferença

Os desejos primários de todas pessoas são:
ser felizes, progredir e ganhar mais dinheiro.

Uma forma efectiva de alcançar estes anseios é sendo ricos e prósperos.

Assim como há pessoas pobres e pessoas ricas há países pobres e países ricos.
A diferença entre os países pobres e os ricos não é a antiguidade do país.
Fica demonstrado pelos casos de países como Índia e Egipto, que tem mil de anos de antiguidade e são pobres.

Ao contrário, Austrália e Nova Zelândia, que há pouco mais de 150 anos eram quase desconhecidos, hoje são, todavia, países desenvolvidos e ricos.

A diferença entre países pobres e ricos também não está nos recursos naturais de que dispõem, pois o Japão tem um território muito pequeno e 80% dele é montanhoso, ruim para a agricultura e criação de gado, porém é a segunda potência económica mundial:
seu território é como uma imensa fabrica flutuante que recebe matérias-primas de todo o mundo e os exporta transformados, também a todo o mundo, acumulando sua riqueza.

Por outro lado, temos uma Suíça sem oceano, que tem uma das maiores frotas náuticas do mundo;
não tem cacau mas tem o melhor chocolate do mundo;
em seus poucos quilómetros quadrados, cria ovelhas e cultiva o solo quatro meses por ano já que o resto é inverno, mas tem os produtos lácteos de melhor qualidade de toda a Europa.

Igualmente ao Japão não tem recursos naturais, mas dá e exporta serviços, com qualidade muito dificilmente superável;
é um país pequeno que passa uma imagem de segurança, ordem e trabalho, que o converteu na caixa forte do Mundo.

Também não é a inteligência das pessoas a tal diferença, como o demonstram estudantes de países pobres que emigram aos países ricos e conseguem resultados excelentes em sua educação;
outro exemplo são os executivos de países ricos que visitam nossas fábricas e ao falar com eles nos damos conta de que não há diferença intelectual.

Finalmente não podemos dizer que a raça faz a diferença, pois nos países centro-europeus ou nórdicos vemos como os chamados ociosos da América Latina (nós!!) ou da África, demonstram ser a força produtiva desses países.

O que é então que faz a diferença?

A ATITUDE DAS PESSOAS FAZ A DIFERENÇA.

Ao estudar a conduta das pessoas nos países ricos se descobre que a maior parte da população cumpre as seguintes regras, cuja ordem pode ser discutida:

1. A moral como principio básico
2. A ordem e a limpeza
3. A integridade
4. A pontualidade
5. A responsabilidade
6. O desejo de superação
7. O respeito às leis e aos regulamentos
8. O respeito pelo direito dos demais
9. Seu amor ao trabalho
10. Seu esforço pela economia e investimento

Necessitamos de mais leis?
Não seria suficiente cumprir e fazer cumprir estas 10 simples regras?

Nos países pobres, só uma mínima (quase nenhuma) parte da população segue estas regras em sua vida diária.

Não somos pobres porque ao nosso país falte riquezas naturais, ou porque a natureza tenha sido cruel connosco, simplesmente por Nossa Atitude.
Nos falta carácter para cumprir estas premissas básicas de funcionamento das sociedades.

Se amar seu país, faça circular esta carta para que a maior quantidade possível de gente, e medite sobre isto.
Se esperamos que o governo solucione nossos problemas, ficaremos toda a vida esperando.

Quanto mais empenho coloquemos em nossos actos e mudemos nossa atitude, pode significar a entrada do nosso país na senda do progresso e bem-estar...

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70295
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: T R A B A L H O

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum