A FELICIDADE

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Set 07, 2011 10:39 pm

Vida Feliz - Deus
Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Confia sempre na ajuda divina.

Quando te sentires sitiado, sem qualquer possibilidade de liberação, o socorro te chegará de Deus.

Nunca duvides da paternidade celeste.

Deus vela por ti, e te ajuda, nem sempre como queres, porém, da melhor forma para a tua real felicidade.

Às vezes, tens a impressão de que o auxílio superior não virá ou chegará tarde demais.

Passado o momento grave, constatarás que o recebeste alguns minutos antes, caso tenhas perseverado à sua espera.

Muita Paz
Gilberto Adamatti


Vida Feliz - Oportunidades
Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Aproveita cada oportunidade para agir de forma elevada.

Há quem espere extraordinários momentos e ocasiões especiais, que possivelmente não chegarão.

Não será o que faças, que te tornará grande e importante, porém como faças cada coisa que te transformará em valioso.

A árvore gigante se origina em pequenina semente.

O Cosmo é o resultado de partículas e moléculas invisíveis.

Torna-te grande nas pequeninas coisas a fim de que não te apequenes nas grandiosas.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Set 07, 2011 10:40 pm

Regras para ser feliz
Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

"Somente lobos caem em armadilhas de lobos" - lecciona o Evangelho de Jesus.

Desse modo, jamais permitas o espinho da humilhação ou da desonra, quando agredido ou malsinado.

És o que vives interiormente e não aquilo de que te acusam.

Não te tornarás melhor, porque estas elogiado ou ficarás pior, porque combatido.

Permanece, honrado e discreto, sendo tu mesmo, em busca do aprimoramento íntimo.

Muita Paz
Gilberto Adamatti


Uma Fábula

"Há uma maravilhosa fábula sobre uma garotinha que está andando pelos prados, quando vê uma borboleta espetada em um espinho.

Muito cuidadosamente ela a solta e a borboleta começa a voar para longe.

Então ela volta transformada numa linda fada.
"Por sua bondade", ela diz à garota, "vou conceder-lhe seu maior desejo".

A garotinha pensou por um momento e replicou:
"Quero ser feliz".

A fada inclinou-se até ela e sussurrou algo em seu ouvido e desapareceu subitamente.

A garota crescia e ninguém na terra era mais feliz do que ela.
Sempre que alguém lhe perguntava sobre o segredo de sua felicidade, ela somente sorria e respondia:
- Escutei uma fada boa.

Quando ela ficou bem velha, os vizinhos temeram que o seu segredo fabuloso pudesse morrer com ela.
- Diga-nos, por favor - eles imploravam - diga-nos o que a fada disse.

A agora amável velhinha simplesmente sorriu e disse:
- Ela me disse que todas as pessoas, por mais seguras que pudessem parecer, precisavam de mim!"
Nós todos precisamos uns dos outros.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Set 07, 2011 10:40 pm

SORRIA SEMPRE

Sorrir é contagioso,
Se contamina como uma gripe,
Quando alguém nos sorri,
Também começamos a sorrir.

Eu passava pela rua
E alguém viu-me sorrindo,
Quando retornou-me um sorriso Percebi que havia contagiado.

A resposta daquele sorriso
Fez-me perceber que vale a pena sorrir,
Um simples sorriso como o meu, Pode viajar pelo mundo todo!

Assim, se você sente que te chega um sorriso,

Não o deixe despercebido,
Comece uma rápida epidemia, e contagie todos os povos!

Mantenha este sorriso em movimento, envie-o aos seus amigos especiais!

Todos necessitamos de um sorriso!

Transcrito da lista espiritualismo@yahoogroups.com

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Set 07, 2011 10:41 pm

RECEITA PARA A FELICIDADE

1- Gostar de viver: apreciar as coisas simples do quotidiano, ou seja, o canto dos pássaros, a beleza e o cheiro das flores, o cheiro agradável dos alimentos, tudo que os envolve.

2- Embora problemas e sofrimentos existam, não deixe que eles os atinjam e os envolvam.
Saibam compreendê-los entendendo que não pode se entregar a eles.

3- Não ficar remoendo mágoas antigas.

4- Gostar das pessoas, todo mundo tem defeitos, você deve aceitá-las como elas são.[//i]

5- [i]Procure não viver isolado, porque os amigos, parentes ou não, é que lhe dão ânimo e disposição em sua jornada.


6- Procure sempre uma actividade de ajuda ao próximo.

CONCLUSÃO:

Seguindo estas idéias vocês irão viver pelo menos 120 anos felizes.


Vida Feliz - As Palavras
Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Substitui, no teu vocabulário, as más pelas boas palavras.

Expressões chulas vulgares, talvez estejam na moda, porém "envenenam o coração".

A palavra é instrumento da vida para a comunicação, o entendimento, e não arma de agressão, violência e vulgaridade.

O uso irregular das palavras corrompe a mente e rebaixa o homem.

O verbo expressa a qualidade moral do indivíduo.

Porque há pessoas que falam bem e são más, não é justo que sendo bom, te apresentes mal.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Sex Set 09, 2011 10:52 pm

O que precisamos, na verdade ?

O Homem Feliz


Narra antiga lenda, que certa vez um rei adoeceu gravemente e à medida que o tempo passava seu estado piorava.
Os médicos tentaram de tudo, mas nada parecia funcionar.

Estavam a ponto de perder a esperança quando a velha criada falou:
Eu sei uma forma de salvar o rei.
Se vocês puderem encontrar um homem feliz, tirar-lhe a camisa e vesti-la no rei, ele se recuperará.


Ao ouvir tal afirmativa, o rei enviou seus mensageiros a todos os cantos do reino a procura de um homem feliz.
Eles cavalgaram por todos os lugares e não encontraram um homem feliz.

Ninguém estava satisfeito; todos tinham uma queixa a fazer.
"Aquele alfaiate estúpido fez as calças muito curtas!
Ouviram um homem rico dizer."

"A comida está péssima, este cozinheiro não consegue fazer nada direito!
Outro reclamava."
"O que há de errado com os nossos filhos? Resmungava um pai insatisfeito."
"O tecto está vazando!"
"A situação financeira está péssima"
"Será que o Rei não pode dar um jeito nessa situação?"


Essas e outras tantas queixas eram o que os mensageiros do rei ouviram por onde passaram.
Se um homem era rico, não tinha o bastante;
se não era rico, era culpa de alguém.

Se era saudável, havia uma sogra indesejável em sua vida.
Se tinha uma boa sogra, a gripe o estava infelicitando.
Enfim, naquele reino todos tinham algo do que reclamar.

O rei já tinha perdido a esperança de ficar bom, quando numa noite, seu filho cavalgava pelos campos e, ao passar perto de uma cabana ouviu alguém dizer:
Obrigado Senhor!
Concluí meu trabalho diário e ajudei meu semelhante.
Comi meu alimento, e agora posso deitar-me e dormir em paz.
O que mais poderia desejar, Senhor?


O príncipe exultou de felicidade por ter, finalmente, encontrado um homem feliz.

Retornou e mandou que seus homens fossem até lá e levassem a camisa do homem ao rei e lhe pagassem o quanto pedisse.

Mas quando os mensageiros do rei entraram na cabana para despir a camisa do homem feliz, descobriram que ele era tão pobre que sequer possuía uma camisa.

Às vezes as pessoas julgam que o que elas têm é muito pouco para serem realmente felizes e passam a procurar por mais, por outras coisas que elas acreditam que lhe trarão a felicidade.

Sem realmente se darem conta da importância daquilo que já possuíam...

A felicidade depende da maneira que vemos e enfrentamos o mundo !

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Sex Set 09, 2011 10:53 pm

Vida Feliz - Pensamentos
Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Mantém os teus pensamentos em ritmo de saúde e optimismo.

A mente é dínamo poderoso.

Conforme pensares atrairás respostas vibratórias equivalentes.

Quem cultiva doenças, sempre padece problemas dessa natureza.

Quem preserva a saúde, sempre supera as enfermidades.

Pensa correctamente e serás inspirado por Deus a encontrar as soluções melhores.

O pensamento edificante e bom é também uma oração sem palavras, que se faz sempre ouvida.

Muita Paz
Gilberto Adamatti


Vida Feliz e Rebeldia
Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

A revolta constante gera desequilíbrios na mente, no corpo e na alma.

Não é o corpo que é fraco, mas o Espírito que permanece rebelde.

Controla tuas energias, não deixando que elas te desconcertem.

A revolta intoxica e expele venenos que a todos desagradam.

A pessoa revoltada não inspira amizade, nem sequer compaixão.

Tem calma sempre.

O que agora não se resolva, está a caminho da solução.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Sex Set 09, 2011 10:54 pm

Vida Feliz - Tolerância
Livro Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Tolera as falhas alheias e não as apresentes no festival de fofocas.

Todos erramos.

Sábio é aquele que, no erro, aprende a agir com correcção.

Quando vejas alguém caído, dá-lhe a mão, ao invés de te comprazeres em censurá-lo.

Ninguém tomba por querer.
E se tal ocorre, nele predomina a ignorância que é um cruel inimigo do homem.

Ainda assim, o equivocado merece mais socorro do que reprimenda.


Vida Feliz e os caminhos da viciação
Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Jamais te comprazas no mal feito.

Concede-te o direito de errar, porém, exige-te o dever de corrigir.

O azedume, a ira, a violência, devem ceder-te lugar à alegria, à bondade, à paz.

Reencarnaste para crescer e ser feliz.

Abandona os caminhos da viciação emocional e galga os degraus que te alçarão ao patamar da vitória sobre ti mesmo.

Quem não doma as más inclinações, torna-se vítima do desregramento a que elas conduzem.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Sab Set 10, 2011 8:56 pm

Vida Feliz e Amor
Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

O amor é tónico da vida.

Quando se centraliza nos interesses inferiores do sexo e das paixões primitivas, torna-se cárcere e deixa de ser sentimento elevado que dignifica- libertando.

Examina os teus sentimentos, na área afectiva e observa se eles te desarmonizam ou tranquilizam.
Através da sua qualidade, detectarás, se amas ou apenas desejas.

O verdadeiro amor supera o egoísmo e trabalha sempre em favor da pessoa querida.

Ama, portanto, sem escravizar aquele a quem te devotas, não se lhe escravizando também.


A Alegria
Livro: Rosângela
Rosângela & J. Raul Teixeira

A alegria começa no indivíduo, no momento em que ele se põe ansioso por propiciar felicidade aos outros.

Não se pode esquecer que, na memorável quão iluminativa expressão do Santo de Assis, é no ato de ofertar que o homem recebe, indubitavelmente.

Entretanto, o conceito de oferenda toma nova forma com Jesus e com a mensagem do Seu Evangelho, de vez que na doação de elementos passageiros, ajuntam-se as energias, as vibrações indestrutíveis oferecidas pela alma, na externalização do júbilo espiritual.

No pão que sacia a fome, quanto no amplexo que aproxima, eis a alegria.

Na dose de remédio como na vestimenta que agasalha, temos a alegria.

No carinho com que se cativa ou firmeza com que se orienta e corrige, vemos a alegria.

Alegria é franca exposição do amor de Deus, que se apresenta por meio dos filhos que se dispõem à oferta de si mesmos, como alguém que anela por ser como o óleo na lanterna que clareará o porvir, ou como o fermento de bênçãos a levedar a massa dos corações, na estrada da vida.

Você que afirma estar em busca de amor, engaje-se nele e doe alegria.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Sab Set 10, 2011 8:57 pm

Vida Feliz - O Ciúme
Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

A presença do ciúme no teu comportamento é sinal de desequilíbrio.

O ciúme jamais será o sal temperando o amor.

Desconfiança e insegurança significam a manifestação do ciúme.

Quando ele se introduz na afectividade altera a paisagem dando surgimento a pesadelos e perturbações prejudiciais.

Supera as insinuações ciumentas na tua conduta, amando com tranquilidade e confiando em paz.

Se a pessoa amada não corresponder à expectativa, segue adiante, porque prejuízo é dela.


Vida Feliz - As Contendas
Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Evita as contendas, sempre inúteis.

Entre contendores a razão é sempre de quem não se envolve em discussões infrutíferas.

Nessas lutas verbais e alterações violentas, surgem males de difícil reparação.

As palavras que a ira põe na boca do altercador, raramente expressam o que ele pensa.

Traduzem-lhe o estado de desarmonia e a necessidade de esmagar o antagonista.

Esclarece com calma e argumenta serenamente.

Se o outro não leva em consideração os teus conceitos, silencia e entrega-o ao tempo que a todos nos ensina sem pressa.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Sab Set 10, 2011 8:57 pm

Buscar mudanças
Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Acalma os anseios de mudanças constantes.

Deus te colocou no melhor lugar para o teu progresso moral e espiritual.

O lar que tu tens, o trabalho em que te encontrar, a cidade onde resides, são oportunidades de treinamento para a tua evolução.

"Pedra que rola, não cria limo" - afirma o brocardo popular.

Quem sempre está de mudança não amadurece, nem realiza bem coisa alguma.

Cumpre a tarefa onde estejas, e, no momento próprio, toma o teu rumo definitivo.


Vida Feliz e Repouso
Livro Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

O repouso é necessário para o corpo e para a mente.

Tem o cuidado, porém, a fim de que ele não se te converta em ociosidade, em preguiça.

É justo que, ao trabalho suceda o refazimento de energias, através da variação de actividade ou do repouso, do sono.

As muitas horas de descanso, todavia, violentam o carácter moral do homem desarticulam as fibras e músculos orgânicos destinados ao movimento, à acção.

Repousa, pois, o tempo suficiente e não em demasia.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Dom Set 11, 2011 9:53 pm

Vida Feliz e Vícios
Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Qualquer vício escraviza e mata.

Não te vincules aos chamados "aperitivos sociais", que dão margem a lamentáveis processos de alcoolismo, nem adoptes a posição de fumante, por parecer-te uma postura distinta e de elegância, mas conduz às algemas do tabagismo assassino.

Jogo, sexo, gula, anedotário servil, para citar somente alguns, iniciam-se em pequenas doses, para culminar em cárcere moral quando não em penitenciária comum.

Uma vida sadia torna-se ditosa e prolongada, a benefício daquele que assim a preserva.

Muita Paz
Gilberto Adamatti


Fazer a Vida mais Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Caminha um pouco ao ar livre.

Tranquilamente, redescobrirás a natureza que te abençoa a vida.

Espairece, saindo deste turbilhão em que te encontras e deixa a imaginação voar.

Evita os lugares movimentados, para o teu passeio, e aspira o oxigénio balsâmico da floresta, da montanha, do mar...

Refaz conceitos, acalma-te e abençoa a vida na forma como se te apresente.

A tua actual existência é rica do que necessitas para ser feliz!!!!

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Dom Set 11, 2011 9:54 pm

Viver Melhor
Livro: Respostas da Vida - 4
André Luiz & Francisco Cândido Xavier

Todos queremos ser felizes, viver melhor.
Entretanto, ouçamos a experiência.

A felicidade não é um tapete mágico.
Ela nasce do bem que você espalhe, não daqueles que se acumulam inutilmente.

Tanto isto é verdade que a alegria é a única doação que você pode fazer sem possuir nenhuma.
Você pode estar em dificuldade e suprimir muitas dificuldades dos outros.

Conquanto às vezes sem qualquer consolação, você dispõe de imensos recursos para reconfortar e reerguer os irmãos em prova ou desvalimento.
A receita de vida melhor será sempre melhorar-nos, através da melhor a que venhamos a realizar para os outros.

A vida é dom de DEUS em todos.

E quem serve só para si não serve para os objectivos da vida, porque viver é participar, progredir, elevar, integrar-se.
Se aspiramos a viver melhor, escolhamos o lugar de servir na causa do bem de todos.

Para isso, não precisa você condicionar-se a alheios pontos de vista..
Engaje-se na fileira de servidores que se lhe afine com as aptidões.
Aliste-se em qualquer serviço no bem comum.

É tão importante colaborar na higiene do seu bairro ou na construção de uma escola, quanto auxiliar a uma criança necessitada ou prestar apoio a um doente.

Procure a Paz, garantindo a Paz onde esteja.
Viva em segurança, cooperando na segurança dos outros.

Aprendamos a entregar o melhor de nós à vida que nos rodeia e a vida nos fará receber o melhor dela própria.
Seja feliz, fazendo os outros felizes.

Saia de você mesmo ao encontro dos outros, mas não resmungue, nem se queixe contra ninguém.
E os outros nos farão encontrar DEUS.

Não julgue que semelhante instrução seja assunto unicamente para você que ainda se acha na Terra.
Se você acredita que os chamados mortos estão em paz gratuita, engano seu, porque os mortos se quiserem paz que aprendam a sair de si mesmos e a servirem também.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Dom Set 11, 2011 9:54 pm

Adoce sua vida
Livro: Optimismo todo o Dia

Adoce a sua vida. Revolta, critica e lamentação são como fel e não adoçam a vida.

O que adoça a vida é o pensar confiante e positivo, por ser ordem superior e em condições de gerar alegria e paz de espírito.

Quem se acostuma ao pessimismo, à crítica, as queixas, torna-se endurecido as transformações, incapaz de elogiar, ser alegre e esperançoso.

Nunca faça comentários ferinos ou tenha explosões de cólera. Coloque o pensamento, o olhar, a voz e a acção no bom sentido, e se dará bem com todos.

Para fazer um doce usa-se açúcar e não fel.


Felicidade - Definições
Livro: Palavras de Emmanuel
Francisco Cândido Xavier

Enquanto houver um gemido na paisagem em que nos movimentamos, não será lícito cogitar de felicidade isolada para nós mesmos.
(Reformador - 9/1949)

Usemos o silêncio, a desculpa e a compreensão, com o exemplo vivo do nosso próprio esforço na edificação do bem e o tempo se incumbirá de tudo transformar, em auxílio de nossa felicidade, dentro dos imperativos inevitáveis da constante renovação.
(Reformador - 3/1951)

A felicidade tem base no dever cumprido.
(Renúncia)

O homem renovado para o bem é a garantia substancial da felicidade humana.
(Prefácio da Agenda Cristã)

Facilidades materiais costumam estagnar-nos a mente, quando não sabemos vencer os perigos fascinantes das vantagens terrestres.
(Reformador - 10/1953)

O problema da felicidade pessoal nunca será resolvido pela fuga ao processo reparador.
(Fonte Viva)

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Seg Set 12, 2011 10:40 pm

Alegria
Livro: Oferenda
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Toda a Boa Nova é uma epopeia de júbilos.
Nasce Jesus nos dias alegres de um recenseamento romano e morre durante os festejos pascoais.

A Sua jornada é toda um hino de amor à vida, em que espocam infinitas alegrias nas criaturas humanas.
O Seu ministério faz-se enflorescido pelas bênçãos da alegria que Ele faculta a todos que cercam.

Suas parábolas e palavras de engrandecimento moral e de libertação das paixões podem ser consideradas como um cântico de alegria para todos os seres.
Mesmo quando a ingratidão O fere e persegue, suas lágrimas são de piedade pelos homens, sem que abandone a perfeita alegria do amor que O une ao Pai.

Não digas que o Evangelho, chamando-te à responsabilidade e ao serviço do bem, torna-te entristecido.

Evita a sisudez e a carranca.
Cenho carregado, quase sempre reflecte conflito íntimo, problema e amargura...

Quem trava contacto com a lição de vida da Boa Nova, já não tem porque ser infeliz.
Sabendo que a vida física é transitória, converte as dores de hoje em esperanças de amanhã e exulta de sã alegria.

A alegria, porém, não deve ser confundida com a balbúrdia, a gargalhada nem o vozerio.

Ela se exterioriza na correta satisfação dos deveres cumpridos, na tranquilidade durante diante dos aparentes infortúnios, na confiança irrestrita do Bem, na harmonia íntima e no otimismo sem exagero diante das coisas.

Alegria é vitória sobre o receio e triunfo sobre as paixões.
Quem está informado da verdade, sabe; quem sabe, rejubila-se.

Faz da tua vida um exemplo de alegria para os outros.

Esparze o teu júbilo com os que choram e contamina de alegria os que perderam as motivações para lutar, perseverando no dever, demonstrando-lhes que a noite é véspera do amanhecer, quanto a sombra é somente a acção da luz ausente.

Desperta no teu irmão interesse pela vida e estimula-o a fruir a justa alegria de viver.

A tristeza não projecta luz no caminho em trevas.
O pessimismo mais dificulta a solução dos problemas.
A melancolia tisna a clara visão da realidade.

Contempla a natureza e alegra-te ante a exuberância da vida, em cor, som e beleza.
Se acolheres a alegria na alma, haverá sol no seu labor.
Em qualquer circunstância, alegra-te.

E mesmo que te advenha a desencarnação, anunciada através da enfermidade, alegra-te, porque ela será o veículo da tua plena e total libertação, para o ingresso no reino da alegria perfeita.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Seg Set 12, 2011 10:40 pm

A Felicidade
Livro Passos da Vida
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

Não está no dinheiro, porquanto, a cada passo, surpreendemos irmãos nossos, investidos na posse do ouro, a se confessarem desorientados e infelizes;
importa reconhecer, porém, que o dinheiro criteriosamente administrado, transfigura-se em poderosa alavanca do trabalho e da beneficência, resgatando lares e corações para a Vida Superior.

Não está na inteligência, visto que vemos, em toda parte, génios transviados, utilizando fulgurações do pensamento em apoio das trevas;
urge anotar, no entanto, que a inteligência aplicada na sustentação do bem de todos será sempre uma fonte de luz.

Não está na autoridade humana, de vez que habitualmente abraçamos criaturas, altamente revestidas de poder terrestre, carregando o peito esmagado de angústia;
é necessário observar, todavia, que a influência pessoal em auxílio à comunidade é base de segurança e factor de harmonia.

Não está nos títulos académicos, porque, em muitas ocasiões, encontramos numerosos amigos laureados com importantes certificados de competência, portando conflitos íntimos que os situam nos mais escuros distritos do sofrimento e da aflição;
não será, contudo, razoável ignorar que um diploma universitário, colocado no amparo ao próximo, é uma lavoura preciosa de alegrias e bênçãos.

Não está no que possuis e sim no que dás e, ainda assim, não tanto no que dás como no modo como dás.

Não está no que sonhas e sim no que fazes e, sobretudo, na maneira como fazes.

Felicidade, na essência, é a nossa integração com Cristo de Deus, quando nos rendemos a Ele para que nos use como somos e no que temos, a benefício dos semelhantes.

Isso porque todo bem que venhamos a fazer é investimento em nosso favor, na Contabilidade Divina.

Em suma, felicidade colhida nasce e cresce da felicidade que se semeia, ou melhor, à medida que ajudamos aos outros, por intermédio dos outros, o Céu nos ajudará.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Seg Set 12, 2011 10:41 pm

Pão do amor
Livro: Conviver e Melhorar - 16
Lourdes Catherine & Francisco do Espírito Santo Neto

Factores limitantes:

Sou homossexual. Esse foi meu segredo desde criança.
Até algum tempo, não ousava mencioná-lo a ninguém.
Desde cedo aprendi como lição vital que minha sobrevivência dependia de um bom disfarce.

A pressão social levou-me, contudo, a fazer drama de minha própria situação - vivia confuso acerca de mim.
Algumas vezes, cheguei a me considerar uma má pessoa, quando não ridícula.

A sociedade, de modo geral, é cruel e sarcástica em relação à minha identidade sexual.
Aprecio muito a leitura espiritual.

Gostaria de melhorar-me interiormente trabalhando na Casa Espírita, porém receio ser discriminado.

Busco ser feliz, isso será possível?

Expandindo nossos horizontes:

Não se preocupe com o que os outros pensam de você.
Busque alimento em sua essência divina;
isso é o que verdadeiramente importa.

Quanto mais você se sentir um espírito imortal, filho de Deus em busca de ascensão evolutiva;
quanto mais se sentir uma pessoa digna de ser feliz como outra qualquer, ocupando uma provisória roupagem física na Terra, mais estará perto do autêntico conhecimento existencial.

Algumas pessoas podem ser comparadas às flores silvestres.
Sua sensibilidade e ternura nem sempre são percebidas, muito menos valorizadas.
Mas se essas flores forem colhidas e examinadas com atenção e carinho, é quase certo que serão notadas suas proporções e combinações harmónicas e especiais - elas têm uma beleza incomum.

Os que aprenderam a amar realmente olham para além das aparências e das limitações corpóreas e buscam o conhecimento da verdade, o qual muitos nem se preocuparam ainda em procurar.

Há beleza nas flores silvestres que crescem casualmente em meio dos imensos campos de cereais.
Se você ama a verdade, ocupe-se em buscá-la cada vez mais, e não só nas palavras e pensamentos alheios.

O que os demais acham é unicamente isso:
o entendimento deles.

Continua...
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Seg Set 12, 2011 10:41 pm

Continua...

Viver dependendo de como os outros analisam nossa vida é viver em uma insegurança constante.

Gostam de mim?
Estimam-me?
Então estou feliz.

Não gostam de mim? Desprezam-me?
Nesse caso, tudo vai mal.

Depender da inconstância do julgamento alheio é viver em contínuo estado de ânimo heterogéneo.

É possível ser feliz?
Obviamente que sim, porém não se esqueça de que quanto mais você se respeitar, mais sua felicidade dependerá de você e menos dos outros, apesar dos murmúrios irónicos e da incompreensão das pessoas.

Não existe bem-estar sem liberdade de pensar e de agir.
O Criador não quer escravos, quer filhos livres.
Portanto, nossa felicidade é o resultado da maneira pela qual vivenciamos aquilo que somos.

O importante não é a “etiqueta” que usamos, mas é o que faço “da” vida, “com” a vida e “pela” vida.
A felicidade não é simplesmente uma meta a ser alcançada, mas uma consequência:
a colheita de nossos actos e atitudes diante da existência.

Se você quer melhorar-se é um bom sintoma.
Quem acha que em si não há nada para mudar e se sente perfeito está imaturo espiritualmente.

A vida é dinâmica; é mudança ininterrupta.
A procura interior é prenúncio de progresso.

Lembre-se de que as mudanças devem ser feitas naturalmente, sem forçá-las;
devem representar um acto espontâneo, devem ser desejadas.

Sentindo amor e respeito por si mesmo, sentirá igualmente respeito e amor por quem está a seu lado.

A pior tristeza é viver toda uma existência sem amar.
Como seria lamentável, atravessar uma encarnação sem nunca ter falado de seu amor a todos aqueles que você ama!...

Tudo é efémero na vida, menos você, alma imortal, pois o acompanhará como consequência - aonde você for e para sempre - sua consciência amorosa.

O ser humano faz parte dos seres vivos, porém todos são instrumentos transitórios pelos quais a Vida Maior se manifesta.

Tenho a certeza de que você não será discriminado na Casa Espírita, visto que todo cristão compreende que quem mais agrada ao Senhor não é aquele que dá o pão de trigo, mas aquele que dá o pão do amor.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Set 13, 2011 9:48 pm

Estado Mental de Felicidade
Livro: Momentos de Esperança
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

A problemática da felicidade encontra solução eficaz no comportamento íntimo do indivíduo em relação à vida.

Por que transferir para o futuro o momento de ser feliz, quando se pensa em conseguir determinados valores, que possivelmente não lograrão completar o quadro de harmonia e ventura pessoal?

Pode-se e deve-se ser feliz em cada instante, pois tal conquista procede do estado de espírito e não dos recursos materiais amealhados de que se pode dispor.

O dinheiro soluciona alguns problemas;
projecta a personalidade;
promove socialmente o indivíduo, mas não resolve as situações interiores, nas quais estão as bases da harmonia como do desequilíbrio.

É necessário valorizar-se o que realmente pode proporcionar a felicidade e não os seus acessórios.
Digamos, então, que esta é um estado mental, variando de pessoa para pessoa, conforme o seu grau de evolução, portanto, a sua aspiração maior.

As conquistas materiais não dispõem do poder de fazer as criaturas felizes.
Podem diminuir-lhes a aflição, atender a algumas necessidades, minorar amarguras, gerar bem-estar e conforto...

Esperando-se conseguir o beneplácito da felicidade, mediante as dádivas da cornucópia da fortuna, por exemplo, perdem-se muitos instantes felizes que dificilmente retornarão.

Essa felicidade dourada, sem preocupações, ociosa, não existe;
é miragem que se dilui ante a realidade.

Podes conseguir o estado mental de felicidade permanente, crendo que ela é propiciada pelo amor a Deus, que a deposita no escrínio dos teus sentimentos, a fim de que aí a desdobres, brindando às demais pessoas.

Assim, não obstante as mudanças e circunstâncias em que te encontres, alterando o ritmo dos assuntos e acontecimentos externos, ela permanecerá contigo, porque está em ti.

O vendaval das paixões não a expulsa;
a frialdade do abandono não a empalidece;
o granizo da ofensa não a fere;
o ouro das ambições não a entorpece;
o fogo das lutas cruzadas não a atinge.

Ela permanece serena, e qual chama abençoada, com a sua luz aponta o caminho seguro a seguir, aclamando as ansiedades do coração.

A felicidade plena e compensadora não é deste mundo.
No entanto, germina e se desenvolve enquanto o Espírito avança pela estrada reencarnacionista, graças às acções desenvolvidas e ao comportamento mantido.

Reservada para o "reino dos céus", é indispensável que o homem lhe conduza as matrizes íntimas mediante as quais se desvela no momento oportuno.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Set 13, 2011 9:48 pm

Em torno da felicidade
Livro: Sinal Verde - 26
André Luiz & Francisco Cândido Xavier

Em matéria de felicidade convém não esquecer que nos transformamos sempre naquilo que amamos.

Quem se aceita como é, doando de si à vida o melhor que tem, caminha mais facilmente para ser feliz como espera ser.

A nossa felicidade será naturalmente proporcional em relação à felicidade que fizermos para os outros.

A alegria do próximo começa muitas vezes no sorriso que você lhe queira dar.

A felicidade pode exibir-se, passear, falar e comunicar-se na vida externa, mas reside com endereço exato na consciência tranquila.

Se você aspira a ser feliz e traz ainda consigo determinados complexos de culpa, comece a desejar a própria libertação, abraçando no trabalho em favor dos semelhantes o processo de reparação desse ou daquele dano que você haja causado em prejuízo de alguém.

Estude a si mesmo, observando que o auto-conhecimento traz humildade e sem humildade é impossível ser feliz.

Amor é a força da vida e trabalho vinculado ao amor é a usina geradora da felicidade.

Se você parar de se lamentar, notará que a felicidade está chamando o seu coração para vida nova.

Quando o céu estiver em cinza, a derramar-se em chuva, medite na colheita farta que chegará do campo e na beleza das flores que surgirão no jardim.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Set 13, 2011 9:49 pm

Filosofia da Felicidade
Livro: Em Torno do Mestre
Vinícius

O problema da felicidade é todo de ordem espiritual.
Ser feliz importa em determinado estado de alma, que independe de circunstâncias externas.
A felicidade, como a imortalidade, está na trama íntima da vida mesma, dessa vida que não começa no berço, nem termina no túmulo.

Ser feliz é viver intensamente, é mergulhar no pélago da vida, sondando-lhe os arcanos mais recônditos.
"Eu vim para terdes vida, e vida em abundância".

Felicidade não é satisfação, nem prazer, cuja sede seja a matéria.

Tenho fome? Alimento-me, sinto-me saciado.
Tenho sede? Bebo, estou dessedentado.
Isto não é felicidade, pois que voltarei a ter fome e a ter sede.
Ser feliz é comer certo pão e beber certa água, que nutrem e saciam para sempre.

Sem fé, não há felicidade.

A alegria de viver vem do optimismo; o optimismo é filho da fé.
Sentir alegria de viver, ser optimista, ter fé: eis a felicidade.

A felicidade não conhece passado, nem futuro: está sempre no presente.
O sofrimento não destrói a felicidade; esta é que age sobre aquele, suavizando-o hoje, dissipando-o amanhã.

Assim como da noite desponta o dia, assim a felicidade, muitas vezes, nasce da própria dor.

A felicidade é produto de auto-educação.
Educar é desenvolver os poderes latentes do Espírito.
Aos que pretendem alcançar a felicidade, por outros meios, estão reservados desapontamentos e desilusões.

Buscar a felicidade fora do seu interior, diz Vigil, é fazer como o caracol que andasse à cata de sua casa.
É, ainda, como a jovem solteira que, ao cair das tardes, esperasse pelo marido.

Quanto mais intensa é a chama, maior será a irradiação que ela projecta.
Da mesma sorte, quanto mais intensa for a vida, tanto maior será a felicidade que dela dimana.

Duas chamas conjugadas formam uma chama bem mais forte.
Assim, também, a vida se torna tanto mais feliz, quanto mais irmanada estiver com outras vidas e quanto mais estreita e íntima seja essa confraternização.
"Pai, quero que eles sejam comigo, como eu sou um contigo".

Pela Felicidade, como pelo céu, ninguém tem que esperar.
Os que esperam jamais alcançam. Os que querem deveras a felicidade, já estão com ela.

Os que realmente querem o céu, já nele estão, têm nele a sua morada.
"A hora vem, é agora".

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Set 14, 2011 10:26 pm

Felicidade e Perfeição
Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Todos estamos fadados à felicidade, à perfeição.

O caminho a percorrer é longo, às vezes assinalado pela urze ou entulhado pelos calhaus.

Todavia, o roteiro é igual para todos, porque ninguém existe que seja considerado como excepção.

Aqueles que encontram menos dificuldades, fazem jus às circunstâncias, em razão do seu comportamento em reencarnações passadas.

Os mais atribulados, da mesma forma, procedem dos seus actos infelizes.

Desse modo, ganha a distância evolutiva, passo a passo, e alegra-te com o destino feliz que te aguarda e que alcançarás.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Set 14, 2011 10:26 pm

Rota de Luz
Livro: Nossas Riquezas Maiores
Joanes & J. Raul Teixeira

Se queres encontrar a felicidade que todos anelam, não há tempo a perder.

As oportunidades se apresentam, invitando-te para que atinjas o desiderato, pela aplicação das lições do Senhor.

Serve com alegria, a cada hora.

Não escondas o sorriso gentil sob a máscara do mau humor.
Oferta-te para os serviços pequenos, a preparar-te para as tarefas maiores.

Evita a palavra impensada e torpe, para não gerares tormento naquele que te ouve.
Faz-te amigo sem condições, acautelando-te, porém, para não sobrecarregares os companheiros.

Habitua-te a meditar sobre o uso que fazes dos recursos que a vida te enseja para o progresso.

Pratica a leitura salutar, penetrando conhecimentos luminosos, para a libertação e conhecimento de ti mesmo.

Realiza, com os recursos pecuniários de que disponhas, o melhor para ti e para os outros, quando mais necessitados, a fim de que te não venhas a arrepender da má utilização dos empréstimos de Deus.

Vive a fé com ardor, envolvendo-te nas lides do bem, actuando com devotamento, sem dares ouvido às insinuações desanimadoras, que sempre repontam na estrado dos trabalhadores fiéis.

Assim, se aguardas encontrar o roteiro da Luz Perfeita, seguindo para o Senhor, renova-te sempre no amor, aperfeiçoando as estruturas íntimas, garantindo a perfumosa Presença do Cristo em teu próprio coração.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Set 14, 2011 10:27 pm

Mensagem de Paz
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

Na aplicação de qualquer receita destinada à composição da felicidade, não se esqueças do aviso de que a felicidade nasce de ti mesmo.

Não aguardes do mundo a segurança que tão somente poderá ser construída por ti mesmo,dentro de ti.

Nunca menospreze o trabalho que a vida te confiou.

A tarefa que desempenhas hoje é a base de seu apoio futuro.

Aceita-te como és e com aquilo de que disponhas para realizar o melhor que possas.

Observa sempre que não existe criatura alguma destituída de valor e da qual não venhas a necessitar algum dia.

Quanto possível, conserva a luz da virtude que te norteia a elevação, mas não permitas que a tua virtude viva sem escadas para descer ao encontro daqueles que se debatem sob a ventania da adversidade a te pedirem socorro e compreensão.

Se fiel ao campo da verdade que abraças, sem desconsiderar a parte da verdade em que os outros se encontram.

Usa a paciência nas pequenas dificuldades para que não te falte serenidade nas grandes crises que todos somos levados a facear nas trilhas do tempo.

Não te apegues aos anseios da juventude, nem te acomodes com o cansaço de muitos que ainda não aprenderam a viver com a criatividade da madureza.

Recorda que até hoje ninguém descobriu o ponto de interacção onde termina a fadiga e começa a ociosidade.

Em qualquer tempo exercita a fortaleza espiritual para que as tuas energias não se dissolvam, de inesperado, quando as calamidades da experiência humana se façam inevitáveis.

Resigna-te a transitar no mundo, entre os que se te revelem na condição de opositores naturais aos teus pontos de vista, mas não formes inimigos nem cultives ressentimentos.

Não abuses e nem brinques com os sentimentos alheios.

Guarda a tua paz, ainda mesmo nas grandes lutas.
Não creias em pessimismo e derrota, solidão e abandono, porque se amas conforme determinam as Leis do Universo, descobrirás a beleza e a alegria em qualquer circunstância e em qualquer parte da Terra.

E jamais desesperes, porquanto sejas quem sejas e estejas onde estiveres, ninguém te pode furtar o privilégio da imortalidade e nem te arredar do Esquema de Deus.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Set 15, 2011 10:47 pm

Paz e Felicidade
Livro: Momentos de Esperança
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Afirma-se, inadequadamente, que a paz profunda é paralisia da razão, inércia, abstracção.
Fosse, realmente, esse estado de anulação e seríamos candidatos ao aniquilamento dos ideais com a consequente morte das aspirações libertadoras.

Informa-se, equivocadamente, que felicidade pela é gozo incessante, sem qualquer preocupação ou anelo de maior crescimento.

Constituísse realidade esse prognóstico e a bem pouca conquista seria reduzido o Espírito, que se predisporia à saturação, num repetir monótono de prazeres nos moldes terrenos.

A paz profunda é uma conquista dinâmica do homem que, embora em constante burilamento, age sem reagir, motivado pelo infrene desejo de ajudar e crescer.

A felicidade plena resulta do movimento contínuo em favor da aquisição de mais valiosos equipamentos morais com que se alça o ser a Esferas Nobres, participando do concerto harmónico da Vida.

Sempre houve luta entre os homens, que se atiram uns contra os outros e neles mesmos defrontam os campos de batalha depuradora para as imperfeições.

A felicidade plena resulta da conscientização de transformar a luta em realização dignificante, que fomenta os recursos de enobrecimento.

Num, como noutro campo de realização, o amor é fundamental.

A maior força existente no Universo, o amor é a presença de Deus actuando favoravelmente e impulsionando todas as acções para o ideal supremo - a perfeição!

Os logros da paz profunda e da felicidade plena são possíveis, a todo aquele que se emprenha para realizar a opção da busca interior, através da transformação moral que deve operar em si mesmo, bem como do sacrifício das paixões asselvajadas.

Na meditação ouvirás o pulsar do Cosmo.
Na oração dialogarás com Deus.
No silêncio identificarás as vozes da Imortalidade.


Na acção do Bem alcançarás a paz, a plenitude, viajando pelos espaços na busca de Deus, sob a tutela dos seres angélicos interessados na tua perfeita integração na consciência divina, de que fazes parte apesar de não a interpretares ainda com a necessária sabedoria.

A paz profunda pelo amor e a felicidade plena pela caridade aguardam a tua decisão, para que logres o triunfo e te libertes do primitivismo por definitivo.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Set 15, 2011 10:47 pm

Com Alegria
Livro: Lampadário Espírita
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

"Vai trabalhar hoje na minha vinha".
[MATEUS 21:28.]

- "Enquanto são moças tuas carnes, goza.
Frui as delícias da juventude e aproveita.
Amanhã possivelmente será tarde demais"

- "Tantas dádivas a vida moderna proporciona que é uma lástima desperdiçá-las.
Se Deus nos concede o ensejo do prazer, porque rejeitá-lo?"

- "Antes que chegue a amargura, reúne para o futuro evocações através do que possas desfrutar agora.
Nem sempre será claro o teu sol...".

- "A velhice não é quadra de espera da morte:
é, também, oportunidade de experimentar divertimentos próprios:
passeios, espairecimentos, reuniões sociais com jogos elegantes.

Afinal, para que viver?"

- "Vivamos conforme a época.

Isto, sim! Viver por viver não é razão para viver.
A inteligência deve funcionar a serviço da vida agradável" - asseveram com frequência os novos condutores do pensamento, padronizando emoções e ansiedades em limites imediatistas e escravizantes.

A nova ética parece fundamentada nos jogos irrequietos da carne transitória e putrescível, como se a vida fosse apenas o reflexo de paixões primitivas a explodirem no complexo da personalidade humana.

Filho, vai trabalhar hoje na minha vinha - narrou Jesus.
O apelo gentil do Cristo se reveste de significativa nobreza.

Há os que trabalham para o hoje terreno e se afadigam, acumulando bens que ficam e se gastam;
muitos laboram para si mesmos e estiolam as mais expressivas qualidades do sentimento;
diversos produzem para a loucura da inteligência que se perverte;
multidões se engalfinham na luta inglória da acção que conduz à morte...


O chamamento do Senhor é apelo para a Vida.
A vinha é o coração imenso da Humanidade.

Sulcar com o arado do amor a vasta gleba das necessidades espirituais para depositar sementes de luz e esperança, cultivando as próprias aspirações de elevação redentora - eis o que representa o convite.

Abandonar a horizontalidade das viciações em que se esboroam os objectivos da existência pela verticalidade ascensional da libertação de sombras e dores, mágoas e inquietações - eis a tarefa.

A experiência no domicílio carnal é valioso estágio da vida imperecível.
Ninguém aporta na Terra por impositivo caprichoso do acaso.
Por isso mesmo a experiência física se reveste de máxima significação.

Cada empecilho pela frente representa teste de valor para a tua resistência.
Toda luta vale como forja para fixar valores morais nos painéis do espírito.

Não desperdices tempo nem ocasião de produzir na vinha da existência planetária;
- cultiva simpatia e cordialidade a favor de ti mesmo.

O trabalho com Jesus te renovará o ânimo e vitalizará as tuas forças, favorecendo-te com alegria de difícil tradução.

Alegria! Contentamento feliz.

Se já te encontras na vinha, após atender ao honroso chamamento com que foste enobrecido, não te detenhas mais ante as loucas facécias com que te acenam os incontáveis partidários da ociosidade, na <>.

Avança pela estrada orgânica respeitando o património carnal que a Divindade te outorgou para a redenção e acumula alegrias que não se convertam em angústias e gozos que não se transformem em fantasmas poderosos a dominarem todas as paisagens mentais...

Vai trabalhar hoje na vinha do Senhor, alegremente, e constatarás que a verdadeira felicidade ainda é aquela que consiste em fazer felizes os que nos cercam, fixando-se em nós logo depois, como radiosas florações de todo o bem esparzido - resposta do amor d'Aquele que até agora continua a esperar-nos confiante.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75754
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A FELICIDADE

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum