O resgate de uma vida - SCHELLIDA / ELIANA MACHADO COELHO

Página 10 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: O resgate de uma vida - SCHELLIDA / ELIANA MACHADO COELHO

Mensagem  Ave sem Ninho em Seg Jan 30, 2017 12:35 pm

Vejo que sou capaz! - sorriu meigamente.
Posso até dizer que já me recuperei, financeiramente falando - riu.
Devo muito a você.
- Não me deve nada.
- Claro que sim.
Os primeiros contactos para novos trabalhos vieram de você.
- Muitos podem fazer de tudo para ajudar, mas é a própria pessoa quem resgata a própria vida - dizendo isso ele, ficou calado.
Ela continuou caminhando pela residência e não disse mais nada.
Sabia que aquilo realmente era verdade.
Passou a se concentrar novamente na casa.
Sofia ficou analisando tudo.
Talvez, estivesse usando seu olho arquitectónico para avaliar detalhes.
Parou em frente à porta larga de vidro, que dava para um belo jardim.
Percebeu a aproximação de Yuri ao seu lado.
Não se importou nem o olhou.
Junto a ela, o rapaz a tocou no ombro dizendo:
- Tenho algo para te falar e faz tempo.
- O quê? - perguntou com ingenuidade, no primeiro instante.
Ao se virar, seus olhos se encontraram e sentiram o coração bater forte.
Yuri tocou suavemente seu rosto com as costas da mão e lhe fez um carinho ao murmurar com cuidado no tom generoso da voz grave:
- Estou gostando muito de você e não consigo mais ficar ao seu lado como seu amigo.
E... Eu quero saber o que você sente por mim.
- Eu... - gaguejou. - Eu acho que...
Eu também... Também gosto de você de um modo diferente.
O rapaz a envolveu em seus braços, com carinho, e beijou-a nos lábios.
Sofia correspondeu.
Uma forte emoção tomou conta de seus corações.
Mas, o som da campainha os interrompeu.
Riram. Estavam felizes e encantados.
Foram atender.
Era o corrector com os possíveis compradores.
De mãos dadas, rindo sempre, receberam todos sem tirar o sorriso do rosto.
Mostraram toda a casa.
Os compradores se interessaram e resolveram fechar negócio para completar a felicidade de ambos.
Depois, a sós com Sofia:
- Viu como você me deu sorte?
- Dei nada.
A casa é tão bonita que até eu compraria.
- A nossa será melhor porque é você quem vai decorar.
Deixou-a sem palavras e, diante de seu silêncio, só um beijo para expor os sentimentos.
* * *
À medida que o tempo passava, as energias significativas que fazem parte da depressão se dissipavam e Sofia se via cada vez mais liberta, até que se sentiu totalmente recomposta.
Principalmente, quando o perdão tocou seu coração.
Esqueceu seus malfeitores e soube entender que quando alguém tira, o Pai dá.
Voltou a trabalhar com afinco.
Seu trabalho evoluiu e se destacou mais do que antes.
Junto com o noivo, desenvolveu tarefa na oficina de artesanato do Centro Espírita.
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70224
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O resgate de uma vida - SCHELLIDA / ELIANA MACHADO COELHO

Mensagem  Ave sem Ninho em Seg Jan 30, 2017 12:35 pm

Por gostar muito dos cursos doutrinários, Yuri tornou-se um expositor.
Para aqueles que abraçam o trabalho no bem, o Pai acresce recursos antes de qualquer necessidade.
Por isso, por mais que tentassem, os espíritos Vicente e Lucídia não conseguiram mais atingir Sofia nem impregnar seus pensamentos, agora, mais vigilantes e em outra sintonia.
Seria desnecessário os mentores e benfeitores espirituais tentarem esclarecer Vicente e a companheira, que deveriam aprender com a lição da felicidade inabalável daqueles que quiseram atrapalhar.
Vicente e Lucídia eram criaturas dignas de compaixão, vítimas de seus próprios venenos.
Há momentos em que, para resgatar a própria vida, é preciso não dar importância às pessoas que nos magoaram. Jogar fora o que nos faz mal.
Desprezar lembranças amargas e começar de novo com toda garra, esperança e fé.
Yuri e Sofia construíram uma bela casa, em lugar privilegiado da cidade maravilhosa, com a vista que ela sempre quis.
Lógico que ouviram de Bernardo tudo o que ele pôde falar sobre união, quando anunciaram o casamento.
Valéria e o noivo, Hélder e Rute, que não encontrava um vestido que lhe agradasse no quinto mês de gravidez, foram padrinhos de Sofia e Yuri.
Era uma nova etapa após um resgatar a vida do outro com sinceridade, fraternidade e afectividade.
Elementos essenciais para o verdadeiro amor.

3 - Mensagem extraída do livro Agenda cristã, pelo espírito André Luiz, psicografia de Francisco Cândido Xavier - edição FEB.

Fim

Schellida.

§.§.§- Ave sem Ninho
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 70224
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 61
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 10 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum