A Vida é feita de Escolhas / Elisa Masselli

Página 11 de 11 Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11

Ir em baixo

Re: A Vida é feita de Escolhas / Elisa Masselli

Mensagem  Ave sem Ninho em Dom Dez 03, 2017 8:21 pm

Terá um bom lar, com todo carinho e atenção.
Tomara que desta vez consiga fugir à tentação do suicídio.
—Ela vai conseguir— disse Fernanda, sorrindo, abraçando e beijando Regiane.
A festa continuou.
Fernanda viu Antero chegando.
—Marli! Olhe lá Antero!
Mas ele está diferente, parece que envelheceu vinte anos!
—Envelheceu mesmo.
Depois de tudo que aconteceu, ele repensou a sua vida e percebeu que, por sua covardia, havia destruído duas mulheres, além de ter perdido o amor da filha.
—O que está dizendo?
Regiane não o ama mais?
—Ela ficou magoada depois que tomou conhecimento de tudo.
Acha que ele foi o culpado por sua morte e não consegue perdoá-lo.
—Isso não pode continuar!
Apesar de tudo, ele sempre foi um pai amoroso.
—Tem razão, mas é preciso dar tempo ao tempo.
O nascimento de Tânia vai aproximá-los.
Esperamos que consigam viver em paz novamente.
Fernanda se aproximou de Antero, beijou-o com carinho.
— Antero, sei que te prejudiquei muito, por isso peço a Deus que te proteja e que te faça feliz.
Em seguida, olhou para o lado e viu Marilda, que dançava com Júlio.
Aproximou-se, ouvindo o que ele dizia.
— Marilda, felizmente estamos casados e, depois da festa, embarcaremos para Veneza.
Lá, teremos a nossa lua-de-mel.
—Eu não estou acreditando que tudo isso está acontecendo, parece um sonho, Júlio!
—Está acontecendo, sim -— disse, sorrindo e abraçando-a mais forte -— e é um sonho do qual não desejo acordar e espero que você não acorde também!
Ela sorriu e correspondeu ao abraço, enquanto Fernanda dizia com lágrimas de felicidade:
—Seja muito feliz, minha amiga!
Você merece e, novamente, obrigada por tudo que fez por mim.
Outra vez, Marilda lembrou-se dela.
— Júlio , sinto falta da Fernanda neste momento.
—O que te garante que ela não está aqui, Marilda?
—O que está dizendo?
—Sabemos que a morte não é o fim e sabemos que ela não cometeu o suicídio.
Portanto, ela pode muito bem estar aqui e, se ela estiver com certeza também estará feliz.
—Tem razão.
Fernanda, minha amiga, onde estiver, receba toda a luz do mundo, o meu amor e paz.
—Estou recebendo, e obrigada por toda a amizade e a luz que sempre me mandou.
Beijou os dois e afastou-se.
Nivaldo se aproximou:
—Precisamos ir, temos muito trabalho.
Agora, dependerá de cada um encontrar o seu caminho e ser feliz.

FIM

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 80432
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 11 de 11 Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum