Espirito é Gente! - Inácio Ferreira /Carlos A. Baccelli

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir em baixo

Re: Espirito é Gente! - Inácio Ferreira /Carlos A. Baccelli

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Jun 26, 2018 10:55 am

77 TEMAS POLÉMICOS
Alguns me acusam de gostar de temas polémicos.
De facto, eu gosto mesmo - não de polémicas, mas de assuntos que nos convidem à reflexão.
Não estimo polemizar, perdendo tempo.
Estimo o estudo respeitoso, que possa conduzir-nos a maior conhecimento acerca da Verdade.
Se permanecermos na mesmice, da mesmice não sairemos. Concorda?!
Sendo Fé Raciocinada, os adeptos do Espiritismo são chamados ao exercício do pensamento.
Costumo dizer que, na actualidade, o Espiritismo está a carecer de pensadores espíritas - mais do que propriamente de médiuns.
Vocês, que ainda mourejam na carne, não podem, e não devem, deixar tudo por conta da Revelação, porque a Doutrina Espírita, que é dinâmica, carece de continuar sendo pensada.
O pensador é médium por excelência, mas nem todo médium é pensador, assim como nem todo espírito comunicante, que, por vezes, não consegue sair
O Espiritismo é doutrina que, nem no Plano Espiritual, ainda não está toda pronta.
Assim, gosto de propor discussões, mas não de discutir, no sentido menor do termo.
A conversa arejada em torno de tema considerado polémico ou até mesmo "censurável" sempre é passível de produzir alguma luz, que, gradativamente, possa dissipar as sombras da ignorância.
O espírita, portanto, a meu ver, não deve ter receio de conversar sobre assuntos considerados doutrinariamente delicados, pois, caso contrário, à semelhança de tantas religiões, nós vamos acabar criando dogmas de natureza indevassável.
Até Kardec deve ser questionado.
Por que não?!
Eu não me aborreço, quando os meus escritos são questionados.
Eu aborreço-me é quando, sem respaldo na razão, eles são ridicularizados, porque tal atitude evidencia quanto certos adeptos do Espiritismo não possuem outro argumento que não seja este:
"Eu não creio, portanto isto é impossível".

78 SE NÃO TIVER MÉRITO
Meu amigo, a verdade é que, se não tiver mérito, qualquer pessoa que esteja encarnada pode vir a desencarnar a qualquer momento.
Não se desespere, mas é assim mesmo.
O corpo humano, sem dúvida, é máquina maravilhosa, mas ainda repleta de imperfeições no funcionamento.
Uma peça que nela se trinque pode causar um colapso.
Uma quebra na harmonia do quimismo do organismo, ocasionado, às vezes, por simples abalo emocional, provoca-lhe desarranjo fatal.
Isso, na maioria dos casos, não tem nada a ver com carma específico, relacionado a vidas anteriores.
Alguém pode sair dirigindo o seu automóvel por uma rodovia e, logo adiante, ser abalroado por um caminhão, sem que o acidente, especificamente, nada tenha a ver com o passado.
Muitos carmas são criados no presente.
Sendo a Terra um Mundo de Provas e Expiações, todos os que sobre ela vivem estão sujeitos às suas circunstâncias ou, em outras palavras, aos perigos do meio.
A "morte" para o homem é tudo, mas para o espírito é nada.
A "morte" é, para o espírito, uma espécie de tropeção e queda, da qual, tão rapidamente quanto possível, ele se levanta e continua a caminhar, sem prejuízo da jornada que deva cumprir.
Portanto, se você quer evitar que algum incidente lhe acometa, comprometendo seus atuais planos de espírito encarnado, trate de adquirir merecimento.
O mérito reivindica o beneplácito da Lei, a qual, então, passa a funcionar em seu benefício.
O homem, sinceramente, parece-me um fantoche que, por diversos cordéis, se liga à "mão" da Lei, que o movimenta no palco da Vida.
Se na condição de fantoche, não contrariar a vontade da "mão" que o movimenta, ele se preserva de muitos males consequentes de sua desobediência.
Muita gente, diante de alguém que desencarna, diz assim:
- Estava na hora!...
Sim, nada acontece à revelia das Leis que presidem todos os fenómenos da existência; mas, se houvesse mérito, a hora que, para muitos, se adianta, poderia atrasar-se.
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 81116
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espirito é Gente! - Inácio Ferreira /Carlos A. Baccelli

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Jun 26, 2018 10:55 am

79 FATALIDADE
Meu caro, a verdade é que nem tudo que nos sucede - seja na Terra ou no Mundo Espiritual - está relacionado ao passado.
Nesse sentido, precisamos convir que, por vezes, certos companheiros espíritas são excessivamente fatalistas.
Claro que, conforme já ficou dito alhures, tudo quanto nos acontece obedece aos impositivos da Evolução, pois, caso não fôssemos tão imperfeitos, não viveríamos sujeitos a tantos contratempos.
Na condição de espírito desencarnado, eu me considero dentro desse contexto, de vez que, no Mundo Espiritual, igualmente estamos sujeitos às consequências da Lei de Causa e Efeito.
Feito este pequeno preâmbulo, acompanhe comigo.
Na resposta à questão 859, de "O Livro dos Espíritos", os Mentores da Codificação escreveram:
"A fatalidade, na verdade, não consiste senão nestas duas horas:
a em que deveis aparecer e desaparecer deste mundo."
Portanto, acontecimentos que podem ser considerados fatais são a hora da reencarnação e a hora da desencarnação - tudo mais que, para o homem encarnado, medeia entre o berço e o túmulo, com agravantes ou atenuantes, pode ser modificado.
Inclusive, convém frisar:
determinadas provas podem ser transformadas.
O sábio Chico Xavier ensinava que, não raro, a dor pode ser trocada pelo trabalho.
De facto, na vida de quem seja, nós não podemos considerar o mal como fatalidade.
Estou dizendo isso a você, porque não é correto dizer que, por alguém ter caído e quebrado uma perna, isso possa ter algo a ver com o que ele fez em vida anterior.
Pode ser que, ao caminhar, ele tenha, simplesmente, sido invigilante.
Mesmo que, por exemplo, em consequência da referida queda, ele tenha que amputar a perna, não significa que, ipsis litteris, esteja sofrendo o chamado "choque de retorno".
Vejamos que, na resposta dos Espíritos a Kardec, eles relacionam a fatalidade a fenómenos físicos - encarnação e desencarnação.
Os fenómenos que moralmente nos acometem não se tornam fatais senão no exacto instante que ocorrem.
Não sei se você entendeu.
A fatalidade é o produto final de uma operação aritmética, que, antes de concluir, acrescentando ou subtraindo parcelas, você pode alterar.
Seja, porém, como for, na hora da "prova dos 9", não existe erro.
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 81116
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espirito é Gente! - Inácio Ferreira /Carlos A. Baccelli

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Jun 26, 2018 10:56 am

80 - CARMA NO MUNDO ESPIRITUAL
Em qualquer parte do Universo, a menor acção corresponde a uma reacção de igual intensidade.
Se a Terra é campo de semeadura e colheita, o Plano Espiritual também o é.
É possível que, não tendo adquirido carma na condição de encarnado, o espírito o adquira na condição de desencarnado.
A nossa existência no Mais Além transcorre com a mesma naturalidade com que a vida do homem transcorre na Terra.
As Leis de Deus são idênticas para toda e qualquer expressão de vida na Criação Universal.
Mesmo para aqueles espíritos que já se promoveram de Plano, mas que continuam vinculados ao Plano ao qual originariamente pertencem, ainda existe alguma espécie de carma a ser ressarcido.
Deixe-me explicar com maior clareza.
Aqui reencarnam espíritos procedentes de Planos acima, que ainda não se liberaram completamente de seus vínculos com o nosso Plano Espiritual.
Entendeu?! Assim como precisamos reencarnar sobre a Terra, eles necessitam reencarnar aqui.
Em relação a um mundo e outro, ou de uma Dimensão a outra, é desta maneira que tudo funciona.
A reencarnação aqui dos espíritos que aqui mesmo desencarnam e, com os seus etéreos corpos espirituais, se dirigem a Planos superiores, igualmente, é uma imposição evolutiva.
Somente para os Espíritos redimidos a reencarnação deixa de ser uma imposição, para, digamos, ser uma opção de trabalho no auxílio àqueles que se movimentam na retaguarda.
Acontece de Espíritos altamente evoluídos deixarem o seu habitat natural e empreenderem excursões de trabalho nas Dimensões inferiores, ganhando corpo cada vez mais denso, até chegarem aos limites que a sua condição espiritual lhes permite.
Alguns desses Espíritos, tomando forma nas Dimensões inferiores, nem sempre se interessam por alcançar notoriedade, restringindo sua acção a determinado grupo de entidades que escolhem influenciar com os seus anónimos exemplos de elevação moral.
Aqui, entre nós, os desencarnados, vivem espíritos assim, que não são procedentes da Terra, mas que vieram de outras Esferas para ensinar-nos o Caminho da Verdadeira Ascensão.
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 81116
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espirito é Gente! - Inácio Ferreira /Carlos A. Baccelli

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Jun 26, 2018 10:56 am

CONHEÇA OUTRAS OBRAS DO AUTOR:
- SOB AS CINZAS DO TEMPO (DIDIER)
- DO OUTRO LADO DO ESPELHO (DIDIER)
- NA PRÓXIMA DIMENSÃO (LEEPP)
- INFINITAS MORADAS (LEEPP)
- A ESCADA DE JACÓ (LEEPP)
- FALA, DR. INÁCIO (LEEPP)
- POR AMOR AO IDEAL (DIDIER)
- FUNDAÇÃO EMMANUEL (LEEPP)
- NO LIMIAR DO ABISMO (LEEPP)
- OBSESSÃO E CURA (DIDIER)
- CARTAS DE DR. INÁCIO AOS ESPÍRITAS (LEEPP)
- REENCARNAÇÃO NO MUNDO ESPIRITUAL (LEEPP)
- AMAI-VOS E INSTRUÍ-VOS (LEEPP)
-TERRA PROMETIDA (DIDIER)
- ESTUDANDO "NOSSO LAR" (LEEPP)
- SAÚDE MENTAL À LUZ DO EVANGELHO (LEEPP)
- ESPÍRITOS E DEUSES (LEEPP)
- A VIDA VIAJA NA LUZ (LEEPP)
-TRABALHADORES DA ÚLTIMA HORA (DIDIER)
- JESUS E O ESPIRITISMO (LEEPP)
- O JUGO LEVE (LEEPP)
- O PENSAMENTO VIVO DO DR. INÁCIO (DIDIER)
- NO PRINCÍPIO ERA O VERBO... (LEEPP)
- EMMANUEL, MÉDIUM DO CRISTO (LEEPP)
-O JOIO E O TRIGO (DIDIER)
- NA CASA DO MEU PAI... (LEEPP)
- ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU (DIDIER)
- DIÁLOGOS COM O DR. INÁCIO (DIDIER)
- NO DIVÃ DE ANASTÁSIA (LEEPP)
- ANJOS DECAÍDOS (LEEPP)

Espírito é Gente!
Neste novo e surpreendente livro do Dr. Inácio Ferreira, você ficará sabendo por que espírito é gente!
Por que você é espírito!
Por que o Mundo Espiritual é planeta!
Por que a Vida se desdobra com espontaneidade após a morte do corpo!
Este livro desfaz misticismos e equivocadas interpretações sobre a desencarnação.
Mostra como a Reencarnação é Lei que, em todos os mundos, se cumpre com naturalidade.
Após ler estas páginas, você se convencerá de que não é mais espírito do que gente e nem mais gente do que espírito!

§.§.§- Ave sem Ninho
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 81116
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Espirito é Gente! - Inácio Ferreira /Carlos A. Baccelli

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum