Problemas e Dificuldades:

Página 2 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Jan 11, 2011 10:52 am

Continua...

Não nascemos para sofrer.
A vontade de Deus é a nossa alegria e a nossa felicidade.
Se sofrermos é por nossa causa.

Os nossos problemas e nossas dificuldades devem ser interpretadas como instrumentos para nossa evolução.

Nunca devemos nos deprimir ou nos revoltar contra eles.
O melhor aprendizado, é aquele que tiramos de nossa própria vida.

Vocábulo "crise" em algumas línguas podem ter dois significados:
a oportunidade ou perigo.
Oportunidade de crescimento ou perigo de queda.

O que importa é sabermos que os problemas, que deparamos na vida só surgem quando já temos condições de solucioná-los.
Como disse o Mestre Jesus: " O Pai não coloca fardos pesados em ombros fracos".

Deste modo, ficamos mais fortes ao saber que temos todas as condições interiores, para enfrentar as dificuldades que a vida nos apresenta.

Ter consciência, que acima de tudo, tem um Deus maior a zelar por nós e que nunca nos abandona.

Confiar em Jesus e seguir seu exemplo de vida:
"Eu sou o Bom Pastor;
tende bom ânimo;
não se turbe o vosso coração;
vinde a mim vós que andais afatigados, cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei".

SUICÍDIO

Uma das causas de suicídio é o indivíduo se achar impotente e fraco para enfrentar suas dificuldades.
Ele se julga inferior, incapaz, vítima da sociedade, desprezando a força que tem.

Aí os problemas passam uma dimensão muito maior, e ele se vê impossibilitado para resolvê-los.

Segundo esta linha de raciocínio, não existe pessoa "fraca" a ponto de não suportar um problema, que ele julga, de certa forma, demasiado para si.

O que de facto ocorre é que esta criatura não teve força de mobilizar a sua vontade própria para enfrentar aquele desafio.
Preferiu fugir, acreditando poder se libertar daquela situação.


Só que não irá conseguir, pois a morte é apenas uma mudança de estado.

A pessoa continua sendo a mesma, com os mesmos sentimentos e os mesmos problemas.

O mais grave é que o suicida acarreta danos ao seu perispírito.
Quando voltar a reencarnar, além de enfrentar os velhos problemas ainda não solucionados, terá acrescido a necessidade de reajustar a sua lesão perispiritual.

Devemos ter a vontade firme de eliminar o mal invasivo da depressão, e vários caminhos podem ser percorridos:
tratamento medicamentoso (às vezes necessário), trabalho espiritual incluindo a desobsessão, água fluidificada, passes magnéticos, trabalho beneficente, mudança de atitude mental, etc.

Após iniciado o processo de recuperação é necessário que nos tornemos vigilantes, pois é muito comum a melhora cíclica, com altos e baixos. "Vigiai e orai".

É importante aproveitar os períodos de melhora para empreender trabalhos edificantes no bem, consolidando as conquistas efectuadas.

Uma coisa fundamental que devemos ter consciência é que ninguém e nada tem a capacidade de nos fazer infelizes se não quisermos.
O centro de gravidade do nosso equilíbrio psico-emocional tem que estar localizado dentro de nós e não nas coisas exteriores.

Continua...
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Jan 11, 2011 10:53 am

Continua...

Não se deve condicionar a sua felicidade a algo que aconteça ou esperar que alguém o faça feliz.

Estando com o seu centro de equilíbrio estável, se amando e se aceitando como é, você passa a viver o agora e aceitar as pessoas e as circunstâncias como elas são.

Além disto, passamos a ver as qualidades do outro e não os seus defeitos, pois, geralmente vemos o outro como um reflexo do nosso estado íntimo.

Não aceite o convite para sofrer, que venha de outra pessoa ou de você para você mesmo.
Proteja-se. Emita pensamentos bons.

Nada pode abalar aquele que alcançou o amor, a paz, a harmonia interior e sobretudo a Fé em Deus.


BIBLIOGRAFIA


Kardec, Allan - O Evangelho Segundo o Espiritismo - 2ª edição - FEB - cap. V, item 25
Franco, Divaldo Pereira - O Homem Integral - 3ª edição - Livraria Espírita Alvorada
Xavier, Francisco Cândido - Missionários da Luz - FEB - 21ª edição

Revista Espírita Allan Kardec - Ano X - n. 37
Xavier, Francisco Cândido - O Consolador - FEB - 13ª edição
Silva, Marco Aurélio (Dr) - Editora Best Seller

(Texto extraído do BOLETIM DA ASSOCIAÇÃO MÉDICO-ESPÍRITA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO)

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Jan 11, 2011 10:54 am

SE TE SENTES EM DEPRESSÃO

a.. analisa sempre as próprias condutas, o impacto dos acontecimentos constrangedores, a situação pessoal e as contrariedades marcantes no presente ou no passado, para diagnosticar, correctamente as causas da depressão;

b.. inicia logo um tratamento espiritual e médico, com o envolvimento dos familiares e dos amigos, para obter eficiência;

c.. busca a cura pela conscientização das causas e pelo emprego da força de vontade: para melhorar, é preciso querer sarar;

d.. não Ter vergonha de recorrer a todos os recursos necessários e disponíveis na sociedade;

e.. persistir na busca da cura, mesmo se os resultados iniciais forem lentos;

f.. valoriza as condutas cristãs e os ensinamentos religiosos e espirituais, que melhoram as faculdades da alma e lhe permitem externar suas forças;

g.. confia na ajuda espiritual, invocando-a pela prece;

h.. peça, humildemente, a ajuda dos familiares e amigos;

i.. tenta esquecer os erros cometidos, deixar no passado os factos marcantes, perdoar as faltas próprias e dos semelhantes e fugir da rememoração dos
acontecimentos chocantes que ainda exercem acção sobre as emoções, os sentimentos, a mente e os pensamentos;

j.. procura manter actividades sadias, leva uma vida simples e descomplicada, readquira hábitos salutares e valoriza a prática das virtudes.

Mensagem extraída do livro " Equilíbrio Íntimo pelo Espiritismo" - Geziel Andrade )

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Jan 11, 2011 10:55 am

Contratempos
Livro: Coragem
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

Diante de quaisquer contratempos, pensa no bem.

O trabalho estafante...
Será ele a providência que te habilita à vitória contra o assédio de perturbações que te espreitam a estrada.

O encontro perdido...
Semelhante contrariedade decerto apareceu, em tua defesa própria.

A realização adiada...
A procrastinação de teus desejos estará funcionando, em teu benefício, para que não entres em determinados compromissos fora de tempo.

A viagem desfeita...
O plano frustrado, provavelmente, é o recurso com que se te garante o equilíbrio.

O carro enguiçado...
O incidente desagradável é o processo de forrar-te contra acidentes possíveis.

O mal estar orgânico...
A enfermidade menor haverá surgido, a fim de induzir-te a tratamento inadiável.

A afeição que se afasta...
A separação vale por cirurgia no campo da alma, muita vez, resguardando-te a paz e a segurança.

A morte no lar...
A despedida de um ente querido, quase sempre, procede da Misericórdia do Senhor; no sentido de evitar sofrimento maiores para aquele que parte, tanto quanto para aqueles que ficam.

Diante de qualquer obstáculo, reflecte no bem, porque no curso de todas as circunstâncias, por detrás dos contratempos da vida, a Bondade de Deus jaz oculta.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Ter Jan 11, 2011 10:55 am

Nos Momentos Difíceis
Livro: Encontro Marcado
Por Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

Sempre que o madeiro da obrigação te pese nos ombros feridos, pensa nos que sofreram antes para que desfrutes os bens de agora.

Descerra os olhos da alma e fita de novo os que te armaram de força e entendimento para o caminho!...

A infância e os benfeitores das horas primeiras!...
Medita no tempo em que saíste do aconchego doméstico para as lides maiores da encarnação na Terra, como quem parte de um cais florido para a travessia de mar revolto.

Os que viste passar descuidados, nas embarcações do egoísmo, encerrados no reconforto próprio, não te ficaram no painel da lembrança, senão como sombras vagas que o tempo esbateu...

Entretanto, por muito se te haja mudado a mente, nela está como que insculpida a fogo os que suaram e choraram para que sejas hoje o que és!...

Não te entregues à doentia ansiedade dos que desejam parar a máquina do tempo, rebelados contra a renovação necessária ao aprimoramento da vida, mas, de quando em quando, concede um momento às boas recordações...

Delas se levantam os alicerces morais em que te equilibras.

Reencontrarás com elas, quais flamas inspiradoras, os gestos anónimos dos que te ajudaram em silêncio;
o devotamento dos que acreditaram em tuas promessas e esperanças, estendendo-te mãos socorredoras;
a confiança dos que não te desdenharam a meninice, conversando contigo acerca da Verdade; e, sobretudo, a abnegação dos que te corrigiram amando, no recinto inesquecível do lar, quanta vez sufocando as mais belas aspirações da alma, para que não te faltasse calor de bom exemplo!...

Reflecte nos que te ficaram na memória, à feição de luminosos sinais de rumo para a jornada!...
Eles nos ensinam que não existe realização sem trabalho e fidelidade sem sacrifício!...

Eles te conferirão resistência à frente do desânimo, falar-te-ão de novo ao coração sobre a luz que te confiaram para que o porvir não afunde nas trevas...

Pensa naqueles que perseveraram no bem para que o mal não te dominasse o caminho, e, abraçando o trabalho que te cabe na edificação da Humanidade Melhor, compreenderás que o mundo não deve coisa alguma aos que passaram por ele cogitando unicamente de si.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Jan 12, 2011 10:53 am

Quando o Pessimismo nos Invade
Livro: Espírito e Vida
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Não reclames do filho aquilo que ele ainda não te pode dar.

Ele é filho do Criador, quanto nós mesmos. Ninguém se faz amado através da exigência.

Dá tudo! aqueles que desejamos ajudar ou salvar nem sempre conseguem compreender, de pronto, o sentido de nossas palavras, mas podem ser inclina-dos ou arrastados à renovação por nossos atos e exemplos.

Em muitas ocasiões, na Terra, somos esquecidos e humilhados por aqueles a quem nos devotamos, mas, se soubermos perseverar na abnegação, acendemos no próprio espírito o abençoado lume com que clareamos a estrada, além do sepulcro!...

Tudo passa no mundo...
Os gritos da mocidade menos construtiva transformam-se em música de meditação na velhice!

Ampara teu filho que é também teu irmão na Eternidade, mas não te proponhas escravizá-lo ao teu modo de ser!

Monstruosa seria a árvore que se pusesse a devorar o próprio fruto;
condenável seria a fonte que tragasse as próprias águas!

Os que amam, sustentam a vida e nela transitam como heróis, mas os que desejam ser amados não passam muitas vezes de tiranos cruéis...

Levanta-te! Ainda não sorvestes todo o cálice.
Além disso, Jesus espera por ti...

Os que lhe batem à porta, consternados e desiludidos, são teus familiares igualmente...
Esses velhos abandonados que te procuram tiveram também pais que os adoravam e filhos que lhes dilaceraram o coração...

Esses doentes que apelam para a tua capacidade de auxiliar conheceram, de perto a meninice e a graça, a beleza e a juventude!...

Tuas dores, não são únicas.
E o sofrimento é a forja purificadora, onde iras perder o peso das paixões inferiores, a fim de te alçar à vida mais alta...
Quase sempre é na câmara escura da adversidade que percebe-mos os raios da Inspiração Divina, porque a saciedade terrestre costuma anestesiar-nos o espírito...

Procura teu filho, com a lâmpada acesa do amor, nos filhos alheios, e o Senhor abençoar-te-à, convertendo-te a amargura em paz do coração...
Ergue-te e aguarda de pé a luta dentro da qual reeducarás aqueles que mais amas...

Não te rendas ao sopro frio do infortúnio, nem creias no poder do cansaço...

Que seria de nós se Jesus, entediado de nossos erros, se entregasse à fadiga inútil?

Ainda que o corpo se recolha às transformações da morte, mantém-te firme na fé e no optimismo...
O túmulo é a penetração na luz de novo dia para quantos lhe atravessam a noite com a visão da esperança e do trabalho.

Não aguardes por agora, senão renúncia e sacrifício...
Jesus até hoje não foi compreendido, mesmo por muitos que se dizem seus seguidores.

Auxilia, perdoa e espera!...
As vitórias supremas do espírito brilham além da carne.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Jan 12, 2011 10:54 am

Diante dos Maus
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Porque as pessoas se te apresentem más e egoístas, ou porque te aflijam e desconsiderem, não planeies o revide.

Há quem ainda se compraz no mal, quem perturba e se ufana disso.

São seres mal saídos do primarismo, adquirindo a luz da razão e a sensibilidade da emoção.

Não é justo que desças e a elas te niveles, sofrendo mais, quando podes ascender e eleva-las, alterando a paisagem moral do mundo para melhor.

Seja tua a acção de engrandecimento e compreensão das falhas e limites do teu próximo.

Jamais te arrependerás, agindo assim.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Jan 12, 2011 10:55 am

Agredido
Livro: Celeiro de Bênçãos
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Evidentemente sofres agressões. Do íntimo convulsionado, petardos mentais, contínuos, produzem-te desequilíbrios;
de fora chegam as investidas da ignorância e da impiedade, que te dilaceram com profundos golpes.

São incontáveis as agressões:
- vibrações perniciosas que exteriorizas ou absorves em comércio psíquico, agridem os outros, que revidam, inconscientes;

- palavras ácidas que proferes ou que te penetram, ferintes, quando enunciadas por outrem na tua direcção;

- atitudes descorteses que assumes ou que têm para contigo e maceram teus sentimentos...

Sim, estás agredido, porque não conseguiste, ainda, a doçura que recolhe a animosidade sem revide, a biliosidade sem azedume, a investida do desequilíbrio sem revolta...

Açodado por factores intrínsecos que te desarmonizam, não pudeste armazenar forças para o auto-burilamento, que te imunizaria contra as investidas perturbantes.

O espírita é alguém, que, encontrando a explicação dos motivos do sofrimento, penetra-se de luz e paz.

Revida mediante os métodos da confiança ilimitada em Deus, deixando à Vida as respostas mais úteis aos que a desconsideram.

Não toma nas mãos as rédeas da Justiça, armando-se de látego e baraço ou esgrimindo os recursos coarctadores nem os da punição.

Se não concorda com o erro e a criminalidade, não se transforma em julgador, ante age e produz correctamente, reagindo pela atitude positiva e elevada com que expõe a excelência dos conhecimentos que o vitalizam.

O triunfo dos agressores é semelhante a vapor que os vence no auge do êxito, enquanto a vitória dos agredidos é a paz do coração.

Toda aflição, pois, é recurso providencial de que a Vida se utiliza para aproximar-te da Verdade.
Não recalcitres, nem sintonizes com aqueles que transitam nas densas faixas do primitivismo e da agressividade.

A vida na Terra por mais longa é sempre breve...

Felizes aqueles que concluem a jornada, quites, em relação aos deveres assumidos, podendo olhar para trás sem amarras nem, dependências de qualquer natureza, livres, após os embates terminados.

Incitado a adensar a massa dos atormentadores-atormentados, recorda Jesus e prossegue manso, sofrendo sem impor desespero a ninguém.

Asseverou-nos Ele, que todo aquele que "ganhar a vida, perdê-la-á", enquanto o que a "perder, tê-la-a ganho".

Assim informado não desfaleças e prossegue, agredido, porém, jamais agressor.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Jan 12, 2011 10:55 am

Conquista pela Dor
Onofre & Francisco Cândido Xavier

Olhe a natureza como sofre para doar-se.

Sementes em solidão nas sombras do solo fazem o verde da terra...

Árvores entregam os próprios frutos à mão que os recolhe, às vezes, ingrata e irreverente...

Chão cavado a golpes ásperos fornece o pão da vida...

Óleo atormentado na candeia inflama-se em luz...

Fontes passam cantando sobre lodo e areia, a fim de dessedentarem o viajor...

Pedras escravas formam os alicerces da moradia terrestre...

Em toda parte, quis a Lei de Deus que o sofrimento garantisse a felicidade.

O próprio Cristo, o Divino Mensageiro, foi atado ao lenho para que nos aguardasse a todos, no monte, de braços abertos...

Abençoemos o trabalho e a provação, a dificuldade e o sacrifício no mundo que fazem das lágrimas estrelas para o caminho.

Tudo o que serve para o bem de todos será feito com a bênção das alegrias renascentes do amor e renovadas na dor.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Jan 12, 2011 10:56 am

O Desânimo
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Por mais terrível que se te apresente a situação, segue adiante, sem desfalecimento.

O desânimo é inimigo subtil que inutiliza os mais belos empreendimentos da vida.

Se os amigos te abandonaram ante os insucessos económicos ou afectivos que te chegaram;
se os parentes e afectos resolveram afastar-se por motivos que desconheces;
se tudo te empurra ao limite estreito da solidão, recompõe-te intimamente e espera.

É provável que te sintas a sós, e que, aparentemente, estejas sem companhia.
Isto, porém, não é uma realidade espiritual, mas o reflexo do momentâneo estado de alma que te assalta.

Nunca estás sozinho.
Fazendo parte integrante da Criação, ela está em ti, tanto quanto nela te encontras.

No lugar onde estejas, Deus está contigo:
no lar, no trabalho, no espairecimento, no repouso, na doença, na saúde, nele haurindo consolo e forças para prosseguires nos misteres a que te vinculas.

Somente te sentirás só, se deixares de preservar o vínculo consciente com o Seu amor.
Mesmo assim, Ele permanecerá contigo.

Estás unido a toda a Humanidade.
Vão-se umas pessoas.
Outras chegam.

Não te amargures com as que partem.
Não te entusiasmes com as que chegam.

As criaturas passam como veículos vivos:
têm um destino e não as podes deter.

Compreendendo esse impositivo, faz-te amigo e irmão de quem encontres no caminho, não o retendo ao teu lado, nem te fixando no dele.
Ajuda-o e segue.

Só Deus, porém, é sempre o constante companheiro.
Por isso, nunca te permitas sentir solidão.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Jan 12, 2011 10:56 am

Transacção Indébita
Livro: Mais Perto
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

No capítulo da censura, comumente chega em nossa vida um momento de perplexidade, à frente do qual muitos companheiros se mostram ameaçados pelo desânimo.
Não se trata da ocasião em que somos induzidos a reprovar os outros e nem mesmo daquela em que somos repreendidos, em razão de nossas quedas.

Reportamo-nos à hora em que nos vemos acusados por faltas que não perpetramos e por intenções que não nos afloram à mente.

Desejamos falar das circunstâncias em que somos julgados por falsas aparências, dando lugar a comentários depreciativos em torno de nós mesmos.

Teremos agido no bem de todos e em seguida, analisados sob prisma diferente, qual se estivéssemos diligenciando gratificar o próprio egoísmo;
de outras vezes, assumimos posição de auxílio ao próximo, empenhando nossas melhores energias, de modo a que se faça harmonia e eficiência na máquina de acção de que somos peça viva e tivemos nossas palavras ou providências sob interpretação infeliz, atraindo-nos a crítica desapiedada, até mesmo daqueles amigos a quem oferecemos o coração.

Atingindo esse ponto nevrálgico no caminho, não te permitas o mentiroso descanso no esmorecimento.

Se trazes a consciência tranquila entre os limites naturais de tuas obrigações ante as obrigações alheias, ora pelos que te censuram ou injuriam e prossegue centralizando a atenção no desempenho dos encargos que o Senhor te confiou, de vez que o tempo é o juiz silencioso de cada um de nós.

Ouve a todos, trabalhando e trabalhando.
Responde a tudo, servindo e servindo.

Nos dias nublados, quando as sombras se amontoem ao redor de teus passos, converte toda tendência à lamentação em mais trabalho e transfigura as muitas palavras de auto-justificação que desejarias dizer em mais serviço, conversando com os outros através do idioma inarticulado do dever rectamente cumprido, porquanto, se em verdade não temos o coração claramente aberto à observação dos que nos cercam no mundo, a todo instante, a justiça nos segue, e, em toda parte, Deus nos vê.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Jan 12, 2011 10:57 am

Luz de Cristo
Livro: Corações Amigos
Irene Machado

Sei que andas à procura de algo que a cada dia se distancia mais. Nessa busca, não encontras tempo para viver o momento da tua vida.

Reclamas de tudo e de todos aqueles que convivem ao teu lado para ajudar-te a ser humilde.
Achas que tudo dá errado e te enfurece com a tua própria existência.
Não sabes o que fazer, nem a que atribuir os teus fracassos.

Meu irmão, porque não fazes uma pequena pausa, para depois recomeçar?
Verás que o que hoje te parece de difícil solução amanhã brilhará em experiência.

O que agora te parece trágico, logo mais cintilará em teu espírito como força que tiveste para vencer.
Tudo, irmão, que recebes é por que assim desejaste um dia.
Se estás a receber moedas pesadas, difíceis mesmo de carregar, lembra-te de que no passado abusaste de ombros frágeis para transportá-las.

Não desanimes.
Se tudo estiver escuro, procura a luz em Cristo.

Ele jamais te deixará sozinho, mesmo que tu o rejeites, como até aqui vens fazendo.

§.§.§- O-canto-da-ave

Apontamento Oportuno
Livro: A Mensagem do Dia
Scheilla & Clayton B. Levy

Se sofres, não agraves ainda mais as tuas dores com pensamentos infelizes.

A irritação, o medo e a revolta deixam o doente mais doente.

Mesmo cercado de dificuldades, dispões de infinitas possibilidades para manter a paz por dentro.

Recorre à prece;
Abriga um pensamento optimista;
Incentiva no bem quem segue contigo.
Sobretudo, confia em Deus, que não desampara seus filhos.

Lembra-te de que, no mundo, as vidas seguem em direcção ao seu porvir.
É provável que, em meio ao caminho, surjam pedras e calhaus a vencer.
Nada porém, conseguirá impedir que desagúes no mar do amor divino, onde fruirás da paz definitiva.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Jan 12, 2011 10:58 am

Nas Dores e Rudes Provações
Livro: Espírito e Vida
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

O Livro dos Espíritos:
"169. É invariável o número das encarnações para todos os Espíritos?

"Não; aquele que caminha depressa, a muitas provas se forra.
Todavia, as encarnações sucessivas são sempre muito numerosas, porquanto o progresso é quase infinito."

Levanta o espírito combalido e avança na direcção do bem que te convida à felicidade.

Quantos se demoraram no exame dos insucessos, recolhendo reproche e colectando amarguras, estão na retaguarda, em dolorosas lamentações.

Aqueles que colocaram a lâmina cortante da intriga e da suspeita no coração, receosos de movimentos libertadores, continuam temerosos entre os que ficaram para trás.

Todos os que fizeram libações perigosas na taça do medo, encontram-se narcotizados, sem força para reagirem contra o mal, para seguirem intimoratos na direcção da verdade.

Muitos que se ligaram à hipnose perturbadora da impiedade, que medra em vigorosas mentes desencarnadas, acumpliciaram-se com as hordas selvagens do Além-Túmulo, sucumbindo, inermes, sob tenazes rudes.

O medo como o arrependimento são ópio nefasto para a alma.

Como a censura é carro de cinza e lama, a tristeza e a taciturnidade são nimbos compactos ante o claro sol, dificultando a expansão da luz.

Não permitas que a névoa do cansaço ou a noite do desencanto povoem o país da tua alma com fantasmas que se desintegrem ao contacto da verdade.

Não os vitalizes, não os agasalhes.

O cristão decidido está entregue a Jesus, n´Ele confia, a Ele se dá.
E se a dificuldade teima em persegui-lo, como se tomasse corpo e movimento, ele se arma com a oração e o amor, e avança.

Se a desordem reina, ele faz-se o equilíbrio de todos.
Se a dor impera, ele é a esperança de saúde para todos.
Se o desespero cresce, ele é o porto de segurança onde todos se encontram.

Se o mal, em qualquer manifestação reponta, ele é o bem em representação actuante e vigorosa, ajudando e confiando sem temor nem cansaço até o fim.

Não te deixes, portanto, abater, nunca.

Lembra-te de que Jesus, podendo ter vivido cercado de bajuladores e comparsas, guindado às altas esferas do mundo entre prazeres e faceias, no gozo ilusório do imediatismo carnal, escolheu os recintos onde se demorava a dor, e para companheiros homens simples e corações problematizados, amigos atormentados e perseguidos, perseguido Ele mesmo, para logo depois de julgamento arbitrário e cárcere humilhante, seguidos de ignominiosa crucificação e obscura morte, alçar-se às excelsas planuras da Imortalidade, vitorioso e sublime, continuando a esperar por nós, pelos séculos sem-fim, nos infinitos caminhos do tempo.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Jan 12, 2011 10:58 am

A Razão da Dor
Livro: Jesus no Lar
Néio Lucio & Francisco Cândido Xavier

Raquel, antiga servidora da residência de Cusa, ergueu a voz para indagar do Mestre por que motivo a dor se convertia em aflição nos caminhos do mundo.

Não era o homem criação de Deus?
Não dispõe a criatura do abençoado concurso dos anjos?
Não vela o Céu sobre os destinos da Humanidade?

Jesus fitou na interlocutora o olhar firme e considerou:
— A razão da dor humana procede da protecção divina.
Os povos são famílias de Deus que, à maneira de grandes rebanhos, são chamados ao Aprisco do Alto.

A Terra é o caminho.
A luta que ensina e edifica é a marcha.
O sofrimento é sempre o aguilhão que desperta as ovelhas distraídas à margem da senda verdadeira.

Alguns instantes se escoaram mudos e o Mestre voltou a ponderar:
— O excesso de poder favorece o abuso, a demasia de conforto, não raro, traz o relaxamento, e o pão que se amontoa, de sobra, costuma servir de pasto aos vermes que se alegram no mofo...

Reparando, porém, que a assembleia de amigos lhe reclamava explicação mais ampla, elucidou fraternalmente:
— Um anjo, por ordem do Eterno Pai, tomou à própria conta um homem comum, desde o nascimento.
Ensinou-lhe a alimentar-se, a mover os membros e os músculos, a sorrir, a repousar e a asilar-se nos braços maternos.

Sem afastar-se do protegido, dia e noite, deu-lhe as primeiras lições da palavra e, em seguida, orientou-lhe os impulsos novos, favorecendo-lhe o ensejo de aprender a raciocinar, a ler, a escrever e a contar.

Afastava-o, hora a hora, de influências perniciosas ou mortíferas de Espíritos infelizes que o arrebatariam, por certo para o sorvedouro da morte. Soprando-lhe ao pensamento ideias iluminadas aos clarões do Infinito Bem, através de mil modos de socorro imperceptível, garantiu-lhe a saúde e o equilíbrio do corpo.

Dava-lhe medicamentos invisíveis, por intermédio do ar e da água, da vestimenta e das plantas.
Vezes sem conta, salvou-o do erro, do crime e dos males sem remédio que atormentam os pecadores.

Ao amanhecer, o Pajem Celestial acorria, atento, preparando-lhe dia calmo e proveitoso, defendendo-lhe a respiração, a alimentação e o pensamento, vigiando-lhe os passos, com amor, para melhor preservar-lhe os dons;
ao anoitecer, postava-se-lhe à cabeceira, amparando-lhe o corpo contra o ataque de génios infernais, aguardando-o, com maternal cuidado, para as doces instruções espirituais nos momentos de sono.

No transcurso da vida, guiou-lhe os ideais, auxiliou-o a seleccionar as emoções e a situar-se em trabalho digno e respeitável;
clareou-lhe o cérebro jovem, insuflou-lhe entusiasmo santo, rumo à vida superior, e estimulou-o a formar um reino de santificação e serviço, progresso e aperfeiçoamento, num lar...

O homem, todavia, que nunca se lembrara de agradecer as bênçãos que o cercavam, fez-se orgulhoso e cruel, diante dos interesses alheios.
Ele, que retinha tamanhas graças do Céu, jamais se animou a estendê-las na Terra e passou simplesmente a humilhar os outros com a glória de que fora revestido por seu devotado e invisível benfeitor.

Quando experimentou o primeiro desgosto, que ele mesmo provocou menosprezando a lei do amor universal, que determina a fraternidade e o respeito aos semelhantes, gesticulou, revoltado, contra o Céu, acusando o Supremo Senhor de injusto e indiferente.

Aflito, o anjo guardião procurava levantar-lhe o ideal de bondade, quando um Anjo Maior se aproximou dele e ordenou que o primeiro dissabor do tutelado endurecido por excesso de regalias se convertesse em aflição.

Rolando, mentalmente, de aflição em aflição, o homem começou a recolher os valores da paciência, da humildade, do amor e da paz com todos, fazendo-se, então, precioso colaborador do Pai, na Criação.


§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qua Jan 12, 2011 11:00 am

A Grande Luta
Livro: Pão Nosso
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

"Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas sim contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais."
Paulo. (Efésios, 6:12).

Segundo nossas afirmativas reiteradas, a grande luta não reside no combate com o sangue e a carne, propriamente, mas sim com as nossas disposições espirituais inferiores.

Paulo de Tarso agiu divinamente inspirado, quando escreveu sua recomendação aos companheiros de Éfeso.

O silencioso e incessante conflito entre os discípulos sinceros e as forças da sombra está vinculado em nossa própria natureza, porquanto nos acumpliciávamos abertamente com o mal, em passado não remoto.

Temos sido declarados participantes das acções delituosas nos lugares celestiais.

E, ainda hoje, entre os fluidos condensados da carne ou nas esferas que lhes são próximas, agimos no serviço de auto-restauração em pleno paraíso.

A Terra é, igualmente, sublime degrau do Céu.

Quando alguém se reporta aos anjos caídos, os ouvintes humanos guardam logo a impressão de um palácio soberbo e misterioso, de onde se expulsam criaturas sábias e luminosas.

Não se verifica o mesmo, quando um homem culto se entrega ao assassínio, à frente de uma universidade ou de um templo?
Geralmente o observador terrestre relaciona o crime, não se detendo, porém, no exame do lugar sagrado e venerável em que se consumou.

A grande luta, a que o Apóstolo se refere, prossegue sem descanso.

As cidades e edificações humanas são zonas celestiais.

Nem elas e nem as células orgânicas que nos servem, constituem os poderosos inimigos, e, sim, as "hostes espirituais da maldade", com as quais nos sintonizamos através dos pontos inferiores que conservamos desesperadamente connosco, vastas arregimentações de seres e pensamentos sombrios que obscurecem a visão humana, e que operam com subtileza, de modo a não perderem os activos companheiros de ontem.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Jan 13, 2011 11:13 am

Problemas ao se melhorar
Livro: Vida Feliz
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Quando o homem se resolve por modificar a conduta moral para melhor, parece defrontar uma conspiração geral contra os propósitos de enobrecimento.

Tudo se altera e desgoverna.

As mínimas coisas fazem-se complicadas, e o ritmo dos acontecimentos, por algum tempo, muda para pior.

Esse estado de coisas leva o candidato à reforma íntima a retroceder, a desistir.

É natural, porém, que assim aconteça.

Toda transferência modifica o habitual.

Na área das acções morais a reacção é maior, porquanto se penetra nas raízes do mal para extirpá-lo, a fim de dar surgimento a novos e equilibrados costumes.

Não abandones, desse modo, os teus intentos de moralidade e crescimento interior, em razão das primeiras dificuldades a enfrentar.

§.§.§- O-canto-da-ave

Desequilíbrios
Livro: Novas mensagens de Scheilla para você
Scheilla & Clayton B. Levy

Há três estados de alma que representam perigo iminente de queda:
A mágoa, o rancor e a cólera.

Se, nesses estados de desequilíbrio, você pudesse enxergar além da esfera física, visualizaria densa nuvem de matéria mental escura envolvendo-lhe os centros do perispírito.

Ao cultivar estes estados negativos, você cria, para si próprio, a psicosfera tóxica que o afectará de várias maneiras.

Por esse motivo, tente evitar que o desequilíbrio tome conta de seu mundo interior.

Quem aprende a vigiar pensamentos e emoções preserva-se do mal que nasce em nós mesmos, ameaçando nossa paz.

Saúde e equilíbrio são aquisições conquistadas com o pensamento elevado e hábitos correctos.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Jan 13, 2011 11:14 am

O Alcoolismo
Livro: Calvário de Libertação
Victor Hugo & Divaldo P. Franco

Sem nos determos no exame dos factores sócio-psicológicos causais do alcoolismo generalizado, de duas ordens são as engrenagens que o desencadeiam,- observado o problema do ponto de vista espiritual.

Antigos viciados e dependentes do álcool, em desencarnando não se liberam do hábito, antes sofrendo-lhe mais rude imposição.

Prosseguindo a vida, embora a ausência do corpo, os vícios continuam vigorosos, jungindo os que a eles se aferraram a uma necessidade enlouquecedora. Atónitos e sedentos, alcoólatras desencarnados se vinculam às mentes irresponsáveis, de que se utilizam para dar larga à continuação do falso prazer, empurrando-os, a pouco e pouco, do aperitivo tido como inocente ao lamentável estado de embriaguez.

Os que lhes caem nas malhas, tomam-se, por isso mesmo, verdadeiros recipientes por meio dos quais absorvem os vapores deletérios, caindo, também, em total desequilíbrio, até quando a morte advém à vítima, ou as Soberanas Leis os recambiam à matéria, que padecerá das dolorosas injuncções constritoras que lhe impõe o corpo perispiritual...

Normalmente, quando reencarnados, os antigos viciados recomeçam a atividade mórbida, servindo, a seu turno, de instrumento do gozo infeliz, para os que se demoram na Erraticidade inferior...

Outras vezes, os adversários espirituais, na execução de uma programática de desforço pelo ódio, induzem os seus antigos desafetos à iniciação alcoólica, mediante pequenas doses, com as quais no transcurso do tempo os conduzem à obsessão, desorganizando-lhes a aparelhagem físio-psíquica e dominando-os totalmente.

No estado de alcoolismo faz-se muito difícil a recomposição do paciente, dele exigindo um esforço muito grande para a recuperação da sanidade.

Não se afastando a causa espiritual, torna-se menos provável a libertação, desde que, cessados os efeitos de quaisquer terapêuticas académicas, a influência psíquica se manifesta, insidiosa, repetindo-se a lamentável façanha destruidora...

A obsessão, através do alcoolismo, é mais generalizada do que parece.

Num contexto social permissivo, o vício da ingestão de alcoólicos torna-se expressão de status, atestando a decadência de um período histórico que passa lento e doído.

Pelos idos de 1851, porque enxameassem os problemas derivados da alcoolofilia, Magno Huss realizou, por vez primeira, um estudo acurado da questão, promovendo um levantamento dos danos causados no indivíduo e alertando as autoridades para as conseqüências que produz na sociedade.

Os que tombam na urdidura alcoólica, justificam-lhe o estranho prazer, que de início lhes aguça a inteligência, faculta-lhes sensações agradáveis, liberando-os dos traumas e receios, sem se darem conta de que tal estado é fruto das excitações produzidas no aparelho circulatório, respiratório com elevação da temperatura para, logo mais;
produzir o nublar da lucidez, a alucinação, o desaparecimento do equilíbrio normal dos movimentos...

Inevitavelmente, o viciado sofre uma congestão cerebral intensa ou experimenta os dolorosos estados convulsivos, que se tornam perfeitos delírios epilépticos, dando margem a distúrbios outros:
digestivos, circulatórios, nervosos que podem produzir lesões irreversíveis, graves.

A dependência e continuidade do vício conduz ao delirium tremens, resultante da cronicidade do alcoolismo, gerando psicoses, alucinações várias que culminam no suicídio, no homicídio, na loucura irrecuperável.

Mesmo em tal caso, a constrição obsessiva segue o seu curso lamentável, já que, não obstante destrambelhadas as aparelhagens do corpo, o espírito encarnado continua a ser dominado pelos seus algozes impenitentes em justas de difícil narração...

Além dos danos sociais que o alcoolismo produz, engendrando a perturbação da ordem, a queda da natalidade, a incidência de crimes vários, a decadência económica e moral, é enfermidade espiritual que o vero Cristianismo erradicará da Terra, quando a moral evangélica legítima substituir a débil moral social, conveniente e torpe.

Ao Espiritismo cumpre o dever de realizar a psicoterapia valiosa junto a tais enfermos e, principalmente, a medida preventiva pelos ensinos correctos de como viver-se em atitude consentânea com as directrizes da Vida Maior.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Jan 13, 2011 11:15 am

A Crise Acontece
Livro: Paciência
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

É um momento infalível na existência de cada um.

A pessoa, bastas vezes, se acredita realizada, por haver concretizado aspirações que lhe pareciam demasiado altas, entretanto, o teste espiritual de confiança aparece de improviso.

É o parente que fraquejou em obrigações assumidas, comprometendo a tranquilidade de todo o grupo familiar;
a moléstia com gravidade imprevista;
o afastamento de afeições das mais queridas ou a desencarnação de um ente amado...

Nessas ocorrências, surge o momento de exame em que as nossas aquisições da vida íntima se fazem avaliadas.

Diante desses testemunhos, alguns companheiros se desmandam na revolta ou se acomodam com a rebeldia, fugindo habitualmente para aventuras infelizes, adquirindo débitos de resgate difícil.
Outros, porém, usam a coragem e a serenidade e aceitam as tribulações que os procuram, nelas reconhecendo valiosos factores que os impelem à própria renovação.

Quando te encontrares assim, numa hora grave e áspera, em que todas as vantagens que adquiriste no tempo te parecem arrastar para o sofrimento, não desespere, nem desanimes.

Confia em Deus e segue para diante.

Se conheces a força do amparo mútuo, auxilia aos companheiros em provação, tanto quanto puderes, a fim de que o apoio alheio não te esqueça no dia de tuas próprias dificuldades.

Ainda que os amigos de outro tempo não te reconheçam em teus dias de inquietação, Deus te vê, provendo-te de recursos, segundo as tuas necessidades.

Na actualidade terrestre, o homem se previne contra a carência de valores alimentícios, estocando géneros de primeira utilidade;
defende as estradas, afastando o risco de acidentes ou promove a vacinação, frustrando o surto de epidemias.
Pensando nisso, entendamos o imperativo de exercitarmos fortaleza e compreensão, paciência e solidariedade, porque, de modo geral, em todas as existências do mundo, surge o dia em que a crise acontece.

Usa a paciência e a tolerância.


Vive a própria vida e deixa que os outros vivam a existência que o Céu lhes concedeu.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Jan 13, 2011 11:15 am

Adversários
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Ninguém, na Terra, está livre da vigilante presença de adversários.

Inspeccionam as nossas imperfeições e fazem exigências.

Sorriem alguns, escondendo a animosidade que os atormentam.

Quase todos ignoram por que se fazem adversários - como se razão alguma justificasse a inimizade.
Simplesmente deixa-se afectar pelos sentimentos inferiores.

Supondo-se traídos ou subestimados, entrega-se à ira ou deslizam pelo ciúme até a antipatia.

São, porém, benfeitores indiretos, que nos auxiliam na descoberta de nossas falhas e exigem austeridade, optimismo e humildade.

O importante é não ser adversário de ninguém, porque isso é que nos rouba a paz.

Quando reagimos, revidando ao agressor, passamos a sintonizar com ele, estabelecendo perniciosa interdependência psíquica.

Por nosso exemplo de fé e amor, transformemos os adversários, que nos criam dificuldades, em auxiliares do nosso progresso, e não revidamos o mal com mal.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Jan 13, 2011 11:16 am

Em Agonia
Livro: Espírito e Vida
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

"A certeza de um próximo futuro mais ditoso o sustenta e anima e, longe de se queixar, agradece ao Céu as dores que o fazem avançar.
Contrariamente, para aquele que apenas vê a vida corpórea, interminável lhe parece esta e a dor o oprime com todo o seu peso."
O Evangelho Segundo o Espiritismo, Cap. V, Item 13.

Onde vás, onde te encontres, defrontarás a agonia.

Anseias pela paz, buscas segurança, no entanto és surpreendido a cada instante pelo esboroar dos teus sonhos.

Programas elaborados por anos-a-fio, quando postos em execução, não resistem aos testes mais humildes, e aflições sem nome te povoam a casa mental, arruinando a esperança que anelavas.

Aspirações agasalhadas nas mais da ternura se ensombram de augúrios pessimistas, quando supõe chegado o momento de corporificá-las.

Aqui surpreendes o erro como língua de fogo purificador cremando a iniquidade do pretérito.

Ali defrontas a ofensa transformada em chaga viva, reparando a loucura ultriz de ontem.

Além encontras a desdita aguardando, qual lição necessária, a bênção reparadora.

E concluis, ao fim, que a soma dos dias apresenta mais inquietação do que serenidade.

É que todos somos espíritos endividados com as Leis Divinas em processos renovadores, pelo cadinho das reencarnações sucessivas.

Enquanto o espírito jornadeia na Terra, em programas disciplinantes, não pode prever a experiência com que o amanhã lhe cobrará o tributo da evolução.

Quantos, porém, possam atravessar as dificuldades com o coração dolorido mas alçado ao amor, embora opresso, avançam na direcção da liberdade.

Não te revoltes com as rudes provações.

O que hoje te falta significa desperdício de ontem.
O de que tens necessidade, malbarataste.


A limitação que te oprime, corrige-te o excesso mal aplicado.
O que te detém, detinhas.

Alonga os olhos na direcção dos horizontes infinitos e agradece a Deus a agonia que experimentas, mas em cuja trilha haurirás paz.

Reúne as forças da coragem e liga-te de todo o coração aos heróis silenciosos que sofrem e trabalham infatigavelmente, seguindo com eles em busca da verdadeira vida, porquanto ninguém há, na Terra, abastado ou mendigo, que desfrute de paz integral, felicidade plena ou desgraça total, no actual estado evolutivo.

Apesar das dores que assinalas e das aflições que te aprimoram, as Excelsas Mãos estão modelando em teu íntimo, para mais tarde, a lira sublime que tangirás em harmoniosas vibrações, passando o estágio na abençoada escola terrena de agonias.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Jan 13, 2011 11:22 am

Trabalho e Vida
Batuíra & Francisco Cândido Xavier

A luta é a essência da Vida.

Em toda a parte é actividade.
Movimento, preparo, libertação...

É, sobretudo, sacrifício imposto pelo trabalho evolutivo, a que todas as criaturas se submetem no rumo das Esferas Superiores.

Nas mínimas dependências da Natureza vê-la-emos a expressar-se em ásperas disciplinas, a fim de que se formem caminhos de justa libertação.

Aqui e ali surpreendemos, em posição de santificante renúncia, a semente sozinha no solo, desfazendo-se aparentemente na morte para a garantia do pão;
a argila torturada no forno para erguer-se em utilidade;
a árvore abatida a fim de resguardar o conforto doméstico;

a pedra condiccionada a golpes de picareta, de modo a sustentar a residência do homem;
o mineral, conduzido ao calor de alta tensão, levantando-se com o necessário proveito para o conforto das criaturas, a máquina em obediência constante para estender o progresso;

o agente químico em prolongada submissão para fazer-se remédio;
a electricidade cativa a implementos que lhe controlam os impulsos a fim de alentar novas formas de engrandecimento da Terra;

e anotamos em tudo o que realmente auxilia, na sublimação da Humanidade, a bendita pressão da luta, para que o mundo se eleve aos mais altos cimos da alegria e da educação - colunas vivas daquele Reino de Deus a basear-se no espírito, consoante a edificação de Jesus.

Saibamos, pois, de nossa parte, aceitar a luta que nos compete, abraçando-a por benfeitora de cada hora, honrando a Confiança Divina, de vez que, muito acima das tarefas preceituadas pelas leis da Criação, aos elementos mais simples, guardamos connosco o privilégio de conscientemente servir.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Jan 13, 2011 11:23 am

Libertação de Consciência
Livro: Momentos Enriquecedores
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Não aguardemos que o aplauso do mundo coroe as nossas expectativas.
Não esperemos que as alegrias nos adornem de louros ou que uma coroa de luz desça sobre a nossa cabeça, vestindo-nos de festa.

Quem elegeu Jesus, não pode ignorar a cruz da renúncia.
Quem O busca, não pode desdenhar a estrada áspera do Gólgota.

Quem com Ele se afina, não pode esquecer que, Sol de primeira grandeza como é, desceu à sombra da noite, para ser o porto de segurança luminosa, no qual atracaremos a barca de nosso destino.

Jesus é o nosso máximo ideal humano, Modelo e Guia seguro.

Aquele que travou contacto com a Sua palavra nunca mais O esquece.

Quem com Ele se identifica, perdeu o direito à opção, porque a sua, passa a tornar-se a opção dEle, sem o que, a vida não tem sentido.

Não é esta a primeira vez que nos identificamos com o Seu verbo libertador.
Abandoná-lo é infidelidade, que O troca pelos ouropéis e utopias do mundo, de breve duração.

Não é esta a nossa experiência única no santuário da fé, que abraçamos desde a treva medieval, erguendo monumentos ao prazer, distantes da convivência com a dor.

Voltamos à mesma grei, para podermos, com o Pensamento Divino vibrando em nós, lograr uma perfeita identificação.
Lucigênitos, procedemos do Divino Foco, para o qual marchamos.

Seja, pois, a nossa caminhada assinalada pelas pegadas de claridade na Terra, a fim de que, aquele que venha após os nossos passos, encontre as setas apontando o caminho.

Jesus não nos prometeu os júbilos vazios dos tóxicos da ilusão. Não nos brindou com promessas vãs, que nos destacassem no cenário transitório da Terra. Antes, asseverou, que verteríamos o pranto que precede à plenitude, e teríamos a tristeza e a solidão que antecedem à glória solar.

Não seja, pois, de surpreender que, muitas vezes, a dificuldade e o opróbrio, o problema e a solidão caracterizem a nossa marcha.
Não seja de surpreender, portanto, que nos vejamos em solidão com Ele, já que as Suas, serão as mãos que nos enxugarão o pranto, enquanto nos dirá, suavemente: Aqui estou!

Perseveremos juntos, cantando o hino da alegria plena na acção que liberta consciências, na actividade que nos irmana e no amor que nos felicita.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Jan 13, 2011 11:23 am

Nos Momentos Graves
Livro: Agenda Cristã
André Luiz & Francisco Cândido Xavier

Use calma.
A vida pode ser um bom estado de luta, mas o estado de guerra nunca será uma vida boa.

Não delibere apressadamente.
As circunstâncias, filhas dos Desígnios Superiores, modificam-nos a experiência, de minuto a minuto.

Evite lágrimas inoportunas.
O pranto pode complicar os enigmas ao invés de resolvê-los.

Se você errou desastradamente, não se precipite no desespero.
O reerguimento é a melhor medida para aquele que cai.

Tenha paciência.
Se você não chega a dominar-se, debalde buscará o entendimento de quem não o compreende ainda.

Se a questão é excessivamente complexa, espere mais um dia ou mais uma semana, a fim de solucioná-la.
O tempo não passa em vão.

A pretexto de defender alguém, não penetre o círculo barulhento.
Há pessoas que fazem muito ruído por simples questão de gosto.

Seja comedido nas resoluções e atitudes.
Nos instantes graves, nossa realidade espiritual é mais visível.

Em qualquer apreciação, alusiva a segundas e terceiras pessoas, tenha cuidado.
Em outras ocasiões, outras pessoas serão chamadas a fim de se referirem a você.

Em hora alguma proclame seus méritos individuais, porque qualquer qualidade excelente é muito problemática no quadro de nossas aquisições.
Lembre-se de que a virtude não é uma voz que fala, e, sim, um poder que irradia.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Jan 13, 2011 11:24 am

Perseguidos
Livro: Religião dos Espíritos
Emmanuel & Francisco Cândido Xavier

Batido no ideal de bem fazer, desculpa e avança à frente.
Açoitado no coração, enxuga as lágrimas e segue adiante.
A indulgência é a vitória da vítima e o olvido de todo mal é a resposta do justo.

Acúleos despontam no corpo da haste verde, mas a rosa, em silêncio, floresce, triunfante, por cima deles, enviando perfume ao céu.

Sombras da noite envolvem a paisagem terrestre na escuridão do nadir;
todavia, o Sol, sem palavras, expulsa as trevas, cada manhã, recuperando-a para a alegria da luz.

Lembra-te dos perseguidos sem causa, que se refugiaram na paz da consciência, em todas as épocas.

Sócrates bebe a cicuta que lhe impõem à boca;
entretanto, ergue-se à culminância da filosofia.

Estevão morre sob pedradas, abrindo caminho a três séculos de flagelação contra o Cristianismo nascente;
contudo, faz-se o padrão do heroísmo e da resistência dos mártires que transformam o mundo.

Gutemberg é processado como devedor relapso, mas cria a imprensa, desfazendo o nevoeiro medieval.

Jan Hus é queimado vivo, mas imprime novos rumos à fé.

Colombo expira abandonado numa enxerga em Valladolid;
[i]no entanto, levanta-se, para sempre, na memória da América.

Galileu, preso e humilhado, desvenda ao homem nova contemplação do Universo.

Lutero, vilipendiado, ressuscita a letra do Evangelho.

Giordano Bruno, atravessando pavoroso suplício, traça mais altos rumos ao pensamento.

Lincoln tomba assassinado, mas extingue o cativeiro no clima de sua pátria.

Pasteur é ironizado pela maioria de seus contemporâneos;
no entanto, renova os métodos da ciência e converte-se em benfeitor de todos os povos.

E, ainda ontem, Gandhi cai sob golpe homicida, mas consagra o princípio de não-violência.

Entre os perseguidores, contam-se os obsidiados, os intemperantes, os depravados, os infelizes, os caluniadores, os calculistas e os criminosos, que descem pelas torrentes do remorso para a necessária refundição mental nos alambiques do tempo, mas, entre os perseguidos sem razão, enumeram-se quase todos aqueles que lançam nova luz sobre as rotas da vida.

É por isso que Jesus, o Divino Governador da Terra, preferiu alinhar-se entre os escarnecidos e injuriados, aceitando a morte na cruz, de maneira a estender a glória do amor puro e a força do perdão, para que se aprimore a Humanidade inteira.

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Ave sem Ninho em Qui Jan 13, 2011 11:24 am

Dias de Sombra
Livro: Momentos de Saúde
Joanna de Ângelis & Divaldo P. Franco

Coincidentemente, há dias que se caracterizam pela sucessão de ocorrências desagradáveis.

Nada parece dar certo.
Todas as actividades se confundem, e os factos se apresentam deprimentes, perturbadores.
A cada nova tentativa de acção, outros insucessos ocorrem, como se os fenómenos naturais transcorressem de forma contrária.

Nessas ocasiões as contrariedades aumentam, e o pessimismo se instala nas mentes e na emoção, levando-as a lembranças negativas com presságios deprimentes.
Quem lhe padece a injunção tende ao desânimo, e refugia-se em padrões psicológicos de auto-aflição, de infelicidade, de desprezo por si mesmo.

Sente-se sitiado por forças descomunais, contra as quais não pode lutar, deixando-se arrastar pelas correntes contrárias, envenenando-se com o mau humor.
São esses, dias de provas, e não para desencanto; de desafio, e não para a cessação do esforço.

Quando recrudescem as dificuldades, maior deve ser o investimento de energias, e mais cuidadosa a aplicação do valor moral na batalha.
Desistindo-se sem lutar, mais rápido se dá o fracasso, e quando se vai ao enfrentamento com idéias de perda, parte do labor já está perdido.

Nesses dias sombrios, que acontecem periodicamente, e às vezes se tornam contínuos, vigia mais e reflexiona com cuidado.

Um insucesso é normal, ou mesmo mais de um, num campo de variadas actividades.
Todavia, a intérmina sucessão deles pode ter génese em factores espirituais perniciosos, cujas personagens se interessam em prejudicar-te, abrindo espaços mentais e emocionais para intercâmbio nefasto contigo, de carácter obsessivo.

Quanto mais te irritares e te entregares à depressão, mais forte se te fará o cerco e mais ocorrências infelizes tomarão forma.
Não te debatas até a exaustão, nadando contra a correnteza.
Vence-lhe o fluxo, contornando a direcção das águas velozes.

Há mentes espirituais maldosas, que te acompanham, interessadas no teu fracasso.
Reage-lhes à insídia mediante a oração, o pensamento optimista, a irrestrita confiança em Deus.

Rompe o moto-contínuo dos desacertos, mudando de paisagem mental, de forma que não vitalizes o agente perturbador.

Ouve uma música enriquecedora, que te leve a reminiscências agradáveis ou a planificações animadoras.
Lê uma página edificante do Evangelho ou de outra Obra de conteúdo nobre, a fim de te renovares emocionalmente.

Afasta-te do bulício e repousa;
contempla uma região que te arranque do estado desanimador.

Pensa no teu futuro ditoso, que te aguarda.

Eleva-te a Deus com unção e romperás as cadeias da aflição.

Há sempre Sol brilhando além das nuvens sombrias, e, quando ele é colocado no mundo íntimo, nenhuma ameaça de trevas consegue apagar-lhe, ou sequer diminuir-lhe a intensidade da luz.
Segue-lhe a claridade e vence o teu dia de insucessos, confiante e tranquilo.

Muita Paz
Gilberto Adamatti

§.§.§- O-canto-da-ave
avatar
Ave sem Ninho

Mensagens : 75713
Data de inscrição : 07/11/2010
Idade : 62
Localização : Porto - Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problemas e Dificuldades:

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum